A importância do diagnóstico da Litíase Renal, a popular Pedra no Rim

27 Maio 2022


Litíase Renal afeta um grande número de pessoas (Foto: mohamed Hassan / Pixabay)

Recebemos com muita frequência, no Centro Médio Hebrom, pessoas com fortes dores abdominais e na região lombar. A primeira coisa pensada pelo paciente é tirar um raio X, imaginando ele que a queixa tem algo haver com a coluna, porém quando a gente realizam uma ultrassonografia, acabamos descobrindo que a pessoa pode estar com cálculo ou pedra nos rins, o que nós chamamos de Litíase Renal.

A Litíase Renal é disparada uma das principais patologias ou ocorrência que chegam em nosso consultório, mas qual será a verdadeira causa disso? Por que tantas pessoas tem aparecido com pedras? A principal resposta para isso, de forma geral, é falta de ingesta de água, contudo, podemos perceber que a pedra pode aparecer também devido ao excesso de consumo de refrigerantes, bebidas alcoólicas e comidas com temperos que não são condimentos naturais.

Existem alguns condimentos naturais, como o sal rosa do Himalaia que é de fundamental importância no equilíbrio da pressão. Porém, a maioria de nós está muito habituado a consumir o cloreto de sódio, aquele sal comum, que usamos em casa e que vocês dizem que deixa a comida bem gostosa. Esse uso frequente pode trazer cálculo renal.

Aqui do Centro Médico Hebrom a gente tem observado vários aspectos do rim e informamos ao paciente que a patologia de litíase renal tem tratamento, tem indicação, mas é preciso que se faça uma ultrassom para saber o que está verdadeiramente causando as dores.

Durante a ultrassom aproveitamos para ver outros órgãos, como o baço, estômago, entre outros. É importante dizer que a ultrassonografia não vai, por si só, dar o diagnóstico final, por isso, podemos indicar ainda uma endoscopia digestiva, que ai sim pode detectar, por exemplo, uma alta de gastrite.

Quer saber um pouco mais sobre a Litiase Renal e os efeitos da ultrassonografia, CONFIRA O VÍDEO ABAIXO:

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Centro Médico Hebrom (@centromedicohebrom)

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.