Vereador fala sobre fraude da CIP: “Tem alguém que sabia disso e está na moita”

06 abr 2018 - 18:47

Zé Vaz soltou o verbo na Câmara (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

A Câmara de Vereadores de Santana do Ipanema voltou a abordar o polêmico aumento da Contribuição de Iluminação Pública (CIP). O assunto foi levantado pelo vereador José Vaz (PP) na sessão desta sexta-feira (6).

O tema retornou após declaração do superintendente do Consórcio Intermunicipal de Iluminação Pública (Cigip), que afirmou que não haverá ressarcimento dos valores pagos a mais durante fevereiro e março.

Vaz citou a reportagem do site Alagoas na Net e divergiu da posição do representante do Consórcio. “A empresa tem por obrigação devolver, pois os moradores pagaram taxas absurdas”, declarou.

O vereador fez questão de relembrar que ele os outros colegas foram pegos de surpresa pelo aumento, já que eles alegam que o Poder Executivo cometeu uma fraude no Projeto de Lei que instituiu novos valores.

“É bom que vocês digam que a Câmara não tem culpa. Nós não votamos essa lei. O prefeito fraudou a lei e como reconhecimento, mandou uma outra para revogação. Ele mandou pra essa casa, tentando tapar o sol com a peneira”, disse.

Mesmo eximindo a culpa dos vereadores, ele falou que a casa foi conivente e que lá existe um culpado. “Tem alguém que sabia disso, que está na moita, que precisa sair do armário, que precisa dar a cara a tabefe. O povo foi quem pagou tudo isso”, afirmou.

Para finalizar o discurso, Zé Vaz alfinetou alguns dos colegas: “Nesta casa tem um bando de vereadores que não tem coragem de dizer, mas o prefeito cometeu uma fraude. Digo e provo porque tenho conhecimento”, concluiu.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.