Vereador e filho são presos acusados de mortes em Teotônio Vilela

28 jun 2018 - 10:51

Pai e filho foram presos em ação da PC-AL (Foto: Marcos Santos / USP Imagens / Ilustração)

A Polícia Civil de Teotônio Vilela, município do Agreste de Alagoas, prendeu nesta quinta-feira (28) o vereador Neuton Alves, popularmente conhecido como “Neuton da Granja” (PTB) e seu filho Deneuton Alves. Ambos, segundo a PC, são suspeitos de na morte de dois jovens, ocorrida no último dia 15 deste mês.

A prisão dos dois moradores aconteceu por volta das 6h e atendeu a um mandado judicial pedido pelo delegado responsável pelo caso, Arthur César. Em entrevista ao site G1 Alagoas, ele disse que a investigação começou após um duplo homicídio de dois jovens, um de 14 e outro de 18 anos.

“A suspeita é de que eles tenham encomendado a morte do mais velho, que estaria cobrando uma dívida trabalhista. Pelas informações que recebemos, o jovem teria trabalhado na granja da família do vereador desde os 7 anos de idade e saído há pouco tempo sem nenhum direito, não era fichado e cobrou na Justiça”, relatou a autoridade policial.

Ainda segundo o delegado, em depoimento os dois acusados negaram a prática do crime e ainda disseram não conhecer as vítimas. Pai e filho foram levados para a Delegacia de Teotônio Vilela, onde posteriormente devem ser transferidos para a Casa de Custódia de Arapiraca.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.