Sobre Afrânio

Afrânio é Economista formado pela Universidade Federal de Alagoas UFAL, com Especialização em Marketing Digital é Assessor de Marketing do Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Melo, e Consultor de marketing médico. Com experiência de mais de 5 anos, possui vasto conhecimento em produção de conteúdo. Desenvolvimento de campanhas de Google Ads (Adwords), Facebook Ads e Google Analytics.


Tendências do Marketing Digital para 2022 

22 dezembro 2021


Divulgações em vídeos curtos, como são propagados pelo TikTok foram sensação em 2021 e prometem continar em 2022 (Foto: Solen Feyissa / Pixabay)

Muitas pessoas ainda tinham dúvidas sobre o imenso poder do Marketing Digital para o desenvolvimento das empresas. O home office era uma alternativa que não se cogitava, pois acreditava-se que nada substitui o famoso cara a cara. Parece que o jogo virou, não é mesmo?

Sabemos que o isolamento social trouxe efeitos muito negativos. De alguma maneira, tivemos que nos adaptar a isso e buscamos formas diferentes de trabalhar, sobretudo porque se evidenciou a importância do Marketing Digital nas relações de vendas de produtos e serviços. 

Isso porque o consumo pela Internet tornou-se uma prática comum, o que refinou os processos, desde a divulgação até a entrega do produto. A maneira como as pessoas consomem a informação e as empresas de tecnologia passaram a desenvolver experiências cada vez mais imersivas para os clientes também se alterou.

Selecionamos algumas das melhores práticas no Marketing Digital surgidas em 2021 que vieram pra ficar e são as tendências para o ano que se inicia.

O futuro está no digital

Certamente, a maneira como as pessoas consomem e se relacionam mudou significativamente para o âmbito digital. Essa mudança também provocou a alteração em algumas estratégias, nas ferramentas utilizadas e na distribuição de recursos.

Sorria, todo mundo está sendo filmado.

A utilização de vídeos na estratégia de Marketing Digital se tornou tendência em 2021 e não vai ser diferente em 2022. A inclusão do conteúdo audiovisual será um potencializador de conversão nas campanhas.

O crescimento da rede social Tik Tok é uma comprovação disso. Com a ascensão da comunicação através de vídeos curtos, outras plataformas também deram um jeitinho de incluir essa ferramenta nas suas interfaces. O YouTube e o Instagram também aderiram à opção de vídeos curtos, com foco no uso para mobile.

Além disso, as lives bombaram no período em que todos estivemos impossibilitados de frequentar palestras, shows ou peças de teatro. Mesmo eventos tradicionais, como transmissões de cerimônias institucionais e julgamentos, passaram a ser transmitidos simultaneamente através das plataformas digitais.

Esta é uma ótima estratégia para transmitir informações de maneira rápida e com grandes chances de viralizar. É importante pensar na qualidade desses conteúdos, refinando cada vez mais a produção de cada um deles. A criação de roteiros e a gestão das redes tende a ser mais criteriosa e técnica para atender às exigências das plataformas.

E aí, Siri?

Usar auxílio de robôs também virou uma febre nos últimos anos (Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil)

As jornadas de compra das pessoas usuárias conduzidas por assistentes virtuais através do recurso de voz aumentaram significativamente. Estima-se que as transações por voz chegaram a US $4,6 bilhões até o final deste ano e podem chegar a US $19,4 bilhões até 2023, segundo pesquisa apresentada pela Juniper Research.

Assistentes virtuais como a Siri, da Apple, a Alexa, da Amazon, o OK Google, do Google e tantos outros começaram a fazer parte do nosso dia a dia com suas habilidades para auxiliar tarefas simples como configurar despertador, trazer informações sobre o tempo, futebol e as últimas notícias, além de ajudar pessoas a consumirem no mundo digital.

Sentir-se amparado por uma assistente virtual é uma tendência que se manterá em 2022, garantindo uma experiência personalizada e divertida. Esta inteligência artificial está cada vez mais presente nas ferramentas digitais de atendimento ao cliente.

Falando com o robô

Os Millennials podem dizer que estamos vivenciando a mesma era da animação “Os Jetsons” quando o assunto é falar com robôs. Mas correm o risco de entregar a idade!

Os bots são robôs que desempenham a tarefa de filtragem e redirecionamento que antes seria executada por um ser humano. Eles são programados para responder às solicitações mais previsíveis de pessoas usuárias, como realizar o pagamento de um boleto, por exemplo.

Essa ferramenta otimiza tempo e dinheiro, oferecendo um serviço cada vez mais humanizado e inteligente.

O usuário como gerador de conteúdo

Esta é uma tendência muito forte para 2022, mas já é conhecida há muito tempo como “boca a boca”. A pessoa usuária se transforma em embaixadora da marca, recomendando através das suas redes sociais e gerando valor para a empresa. Segundo pesquisas do Manifesto do Influencer Marketing, quase 90% das pessoas seguem as indicações de influenciadores digitais, ao invés de seguir recomendações de personalidades famosas que estão mais distantes de sua realidade.

É por este motivo que as marcas estão investindo cada vez mais em influenciadores digitais que representam um estilo de vida possível, fazendo com que o público consumidor faça parte da estratégia de marketing. Muitos desses influenciadores são os próprios funcionários da marca.

As tendências estão aí para aprimorar as ferramentas e técnicas de Marketing Digital existentes. É importante agregar essas atualizações à estratégia da marca, evitando uma defasagem na comunicação com os clientes.

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.