Sesau dá dicas para manter o bem-estar durante a maratona de festas

26 fev 2017 - 11:48

Hidratação e alimentação saudáveis são essenciais para o bem estar no período.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Carnaval é uma época de tradicionais festas em todo País. No entanto, a folia também pode acarretar em danos para a saúde dos foliões. Para garantir que a animação não traga consequências negativas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) orienta sobre os cuidados necessários para aproveitar bem a época.

De acordo a médica da Sesau, Ivana Pitta, uma das principais recomendações é manter-se bem hidratado. “As altas temperaturas podem levar a casos de desidratação, ocasionando sintomas como tonturas, perda de sentido e vômitos. A desidratação pode ser grave, principalmente em crianças e idosos”, explicou a médica.

Ivana Pitta lembrou que bebidas alcóolicas e refrigerantes não conseguem hidratar adequadamente o organismo. “Deve-se consumir água. As bebidas alcóolicas passam uma falsa sensação de hidratação. A sede passa, mas o corpo não está devidamente hidratado, por isso é importante consumo de água regularmente”, alertou.

Outra recomendação importante é sobre a alimentação saudável.  A médica lembrou que frutas e legumes devem ser consumidos durante os festejos. “Uma alimentação balanceada ajuda a dar mais energia e pode diminuir os efeitos danosos do álcool”, destacou.

Uso de Preservativos – A médica da Sesau lembrou que um cuidado importante que deve ser adotado pelos foliões é o uso de preservativos durantes as relações sexuais. Ivana Pitta ressaltou que esse cuidado é essencial para evitar as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), além da gravidez não programada.

Outro alerta importante feito pela médica da Sesau diz respeito ao cuidado dos banhistas em locais desconhecidos. “Existem muitos casos de afagamento em que turistas decidem se banhar em regiões que não estão familiarizadas. É sempre importante buscar informações sobre os locais próprios para o banho”, reforçou a médica.

Por Fabiano Di Pace / Agência Alagoas

Comentários