Sesau alerta sobre aumento de casos de influenza em Alagoas População deve manter todos os protocolos sanitários para evitar contágio

Suely Melo / Agência Alagoas

20 dez 2021 - 18:32


Além disso, é muito importante se vacinar contra a Influenza. (Foto: Carla Cleto / Agência Alagoas)

Grandes centros urbanos do Brasil apresentaram um aumento de casos de Influenza nesta semana, e em Alagoas não tem sido diferente. Com a chegada do verão, os casos têm crescido no estado. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) alerta a população para que todos tomem os devidos cuidados para evitar a infecção.

Os principais meios para evitar a contaminação é tomar extremo cuidado com pessoas doentes, evitar aglomerações e ambientes fechados, lavar as mãos com água e sabão e continuar usando máscaras, já utilizadas para a prevenção contra a Covid-19. Além disso, é muito importante se vacinar contra a Influenza.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, os sintomas da Influenza são muito parecidos com os da Covid-19, como tosse, congestão nasal, febre e dor muscular, e em alguns casos é preciso exame PCR para ter certeza do vírus responsável pela infecção.

“Precisamos continuar com os cuidados de higiene. A transmissão da H1N1 ou da H3N2 é semelhante à da Covid. Então, é um vírus gripal com alta transmissibilidade. As pessoas precisam usar máscaras e se conscientizar com o seu papel. Quem não se vacinou ou não concluiu o ciclo vacinal precisa fazer isso o mais rápido possível, pois, se você se infectar e apresentar os sintomas e for procurar ajuda médica, o médico vai questionar se você está vacinado ou não para começar a afastar as possibilidades na análise clínica do seu caso. Se ajude, se vacinando e se protegendo para podermos ajudar vocês”, explicou Ayres.

O gestor estadual ainda alertou para a importância de todos os alagoanos concluírem os seus ciclos vacinais. “Nós temos um aumento substancial de pessoas gripadas e algumas já confirmadas com o vírus da influenza. Os postos de saúde estão cheios, as UPAs [Unidade de Pronto Atendimento] estão lotadas. O período do ano contribui para isso. A gente tinha avisado que a Covid iria voltar a subir neste final do ano e iria até março. Isso acontece todos os anos em razão do aumento da circulação dos vírus gripais e agora com o aparecimento dessa nova variante (da Influenza), H3N2, temos onze estados brasileiros já com surto dessa nova cepa e em Alagoas ainda não temos a confirmação. O que sabemos é que os números estão subindo diariamente e precisamos da conscientização e colaboração do cidadão”, disse.

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.