Servidor da Ufal toma posse como sócio efetivo do Instituto Histórico de AL

Assessoria

28 jun 2023 - 15:00


Márcio Manuel Nunes é formado em Filosofia pela Ufal e em História pelo Centro Universitário Claretiano, além de bacharel em Teologia pelo Seminário Arquidiocesano de Maceió. (Foto: Assessoria)

Uma manhã de emoção dupla para Márcio Manuel Nunes. É que na última quarta-feira (21), o servidor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) foi empossado para a Cadeira nº 09, do quadro de Sócios Efetivos do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas (Ihgal), a qual tem como Patrono Silvério Fernandes de Araújo Jorge.

Estiveram presentes na cerimônia os sócios: Jayme Lustosa de Altavila, Álvaro Queiroz, Arnaldo Paiva Filho, George Sarmento Lins, Roberval Santos, Diógenes Tenório, João Batista, Monsenhor Pedro Teixeira, Ênio Lins e Ricardo Nogueira.

“Para mim é motivo de honra integrar nessa Instituição que conserva a História, memória e cultura de nosso Estado. No Instituto, poderei, além de aprender e aprofundar meus conhecimentos e cultura, difundir, através de colóquios, seminários, congressos científicos, etc., nosso patrimônio cultural. Recebi a eleição com muita alegria e satisfação, certo de que os espaços de conservação, produção e difusão de cultura são imprescindíveis para o desenvolvimento de qualquer sociedade”, celebrou Márcio Manuel Nunes.

Sua relação com o Ihgal, no entanto, não é de hoje: ainda na juventude, ele visitou, pela primeira vez, o vasto acervo iconográfico e documental sobre Alagoas e sobre o Brasil. Anos depois, para Nunes, ser empossado para a Cadeira n° 09, foi um momento especial.

“Foi um momento de grande emoção, principalmente, porque estiveram presentes, além dos Sócios do Ihgal, meus familiares, colegas da Ufal e de outras instituições de Ensino Superior, fiéis da Paróquia Universitária Santa Teresinha, onde exerço meu ministério sacerdotal, e de outras paróquias, como, também, diversos amigos”, declarou o servidor.

A solenidade foi conduzida pelo presidente do Ihgal, Jayme Lustosa de Altavilla, e a saudação ao novo membro foi feita pelo secretário perpétuo, Álvaro Queiroz, tendo, na sequência, o discurso de posse de Márcio Manuel Nunes.

Lançamento de livro

Após a cerimônia de posse, o novo Sócio Efetivo do Ihgal lançou o livro: “As aparições de Fátima: entre história e espiritualidade”, que leva o selo das editoras do Centro Universitário Cesmac e da Universidade Estadual de Alagoas (Eduneal).

A obra é fruto de investigação histórica realizada pelo servidor enquanto cursava seu doutorado e residia em Coimbra, Portugal.

“A cidade de Fátima fica próxima de Coimbra. Quando podia, entre os momentos de estudos, visitava Fátima. Tive acesso a documentos históricos, participei de conferências sobre o evento Fátima e tinha sido convidado pelo arcebispo de Maceió a proferir algumas conferências para o Clero que naquele ano, 2017, centenário das aparições, realizaria o retiro anual em Fátima”, contou Márcio Manuel Nunes.

Sobre o servidor

Márcio Manuel Nunes é formado em Filosofia pela Ufal e em História pelo Centro Universitário Claretiano, além de bacharel em Teologia pelo Seminário Arquidiocesano de Maceió, especialista em Docência do Ensino Superior (Cesmac), mestre em História também pela Ufal e doutor em História pela Universidade de Coimbra.

Por dois anos, Márcio morou em Roma, onde realizou pesquisas e estudos na Universidade Gregoriana, na Biblioteca Apostólica do Vaticano e nos arquivos do Vaticano.

Atualmente é docente no curso de História da Ufal e do curso de Filosofia do seminário arquidiocesano de Maceió, onde é vice-reitor. Além disso, Nunes também é padre e administrador paroquial na Igreja de Santa Teresinha de Lisieux, localizada no bairro do Farol.

Comentários