Sertão: grupo acusado de praticar assaltos é preso em Dois Riachos Quatro pessoas foram presas após uma denuncia anônima. PC pede que ajuda da população continue.

23 ago 2017 - 21:11


Caso foi registrado na Delegacia Distrital de Dois Riachos (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net / Arquivo)

Quatro pessoas foram presas acusadas de praticarem assaltos no município de Dois Riachos, Médio Sertão, e na cidade de Maribondo, Agreste de Alagoas. As detenções aconteceram na noite desta terça-feira (22) no bairro Alto do Cruzeiro (em Dois Riachos), após denúncias anônimas e levantamentos da polícia.

O grupo foi pego no momento em que circulava num veículo Chevrolet Astra, de cor preta. Após averiguação no sistema, a Polícia Civil detectou que o carro tinha placa clonada. Os policiais militares que abordaram o grupo acharam um revolver calibre 38, municiado, em posse dos acusados.

O escrivão e Chefe do Cartório da Delegacia de Dois Riachos, Frank Almeida relatou que uma equipe da Delegacia de Maribondo entrou em contato, informando que as características dos suspeitos eram semelhantes à de indivíduos que suspeitos de um assalto. “Imagens de segurança captaram o momento do assalto lá em Maribondo”, disse o agente.

Ainda segundo o policial civil, o grupo detido confessou ter praticado assaltos no município sertanejo. A polícia também contou com a ajuda e reconhecimento de algumas pessoas que foram vítimas do grupo criminoso. Após a prisão os acusados foram enquadrados nos crimes de porte ilegal de arma de fogo, adulteração de veículo e associação criminosa.

População deve continuar ajudando

Apesar da prisão, o agente da PC frisou que a ajuda da população é fundamental para a punição dos envolvidos. “Continuem nos ajudando, vindo a Delegacia registrar as ocorrências de furtos e assaltos, bem como ligar para polícia militar ou civil da cidade e nos informar sobre suspeitos que estejam transitando em veículos suspeitos, que prontamente iremos averiguar as informações, e posteriormente passando uma maior sensação de segurança ao cidadão”, alertou o chefe do cartório.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.