Seis pessoas são detidas pela PRF durante fim de semana em Alagoas Embriaguez ao volante, receptação de veículo e adulteração de veículo foram alguns dos crimes flagrados.

16 dez 2019 - 18:33

PRF registrou várias ocorrências de embriaguez ao volante (Foto: Assessoria / PRF Alagoas)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 13 condutores dirigindo alcoolizados durante fiscalizações realizadas no fim de semana nas BRs de Alagoas. Dois deles apresentaram índice de teor alcoólico superior a 0,30 mg/l em seu organismo e foram detidos. Além disso, mais quatro pessoas foram presas pelos crimes de receptação, adulteração de veículo, dirigir sem CNH e violação de suspensão do direito de dirigir. As ações ocorreram entre sexta-feira (13) e domingo (15).

A primeira ocorrência se deu na manhã da sexta-feira (13), quando uma equipe da PRF foi acionada para atender uma ocorrência de acidente no km 129 da BR – 101, município de São Miguel dos Campos. Chegando ao local, os policiais abordaram o condutor do Hyundai I30 2.0 e ao ter sua documentação solicitada, ele informou que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Diante dos fatos e por ter se envolvido em um acidente, o homem foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil em São Miguel dos Campos para procedimentos cabíveis.

Já no fim da tarde de sábado (14), agentes da PRF prestavam apoio a um veículo com problemas mecânicos na BR 104, em Rio Largo/AL, quando avistaram um Vw/Gol 1.0 Giv, que tentou fazer o retorno, mas estancou o carro e permaneceu parado na via. Quando os policiais abordaram o condutor para averiguar a situação, perceberam que o mesmo apresentava sinais de embriaguez e ao realizar o teste com etilômetro, obtiveram o resultado de 1,5 mg/l. Ante evidências, foi dada voz de prisão e o homem foi encaminhado à Central de Flagrante em Maceió, onde deverá responder por embriaguez ao volante, como previsto no artigo 306 do CTB.

Mais tarde, por volta das 21 horas, um condutor foi detido por adulteração de sinal identificador. PRFs realizavam fiscalizações na BR 316, município de Tanque Darca, quando abordaram o VW Saveiro. Após verificação aos sinais identificadores do veículo e consultas ao sistema, os policiais observaram que a numeração do motor havia sido suprimida de forma a não deixar nenhum caractere. O carro foi apreendido e o homem encaminhado à Delegacia Regional de Arapiraca.

Na manhã de domingo (15), uma equipe da PRF prendeu dois homens durante uma abordagem: um por alcoolemia e o outro por crime de receptação. A ação se deu no km 254 da BR – 316, quando os agentes avistaram um homem pilotando uma motocicleta sem placa. Após ser abordado, o condutor foi submetido ao teste com etilômetro e apresentou resultado de 0,45 mg/l. Em seguida, ao verificar aos sinais identificadores do “duas rodas”, também foi constatado que havia divergência com relação aos dados encontrados no sistema: o número do chassi constava como sendo pertencente a uma Honda Nx 150, enquanto a motocicleta apresentava carenagem de uma CRF230. Além disso, o motor do veículo apresentava numeração raspada, não sendo possível verificar sua origem.

Questionado pelos policiais, o condutor alcoolizado informou que a moto pertencia ao patrão. Após chegada do dono da moto ao local, o indivíduo alegou ter adquirido a motocicleta há um mês, no município de Pilar, pelo valor R$ 500. Perguntado sobre a pessoa que fez a venda, ele não soube informar o nome e informou aos policiais que o homem havia prometido entregar a documentação do veículo posteriormente. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e ambos foram encaminhados à Central de Flagrantes em Maceió. O condutor deverá responder por embriaguez ao volante (art.306 do CTB), enquanto o dono da moto responderá por crime de receptação (art. 180 do CP).

Pouco mais tarde, por volta das 11h10, policiais rodoviários federais faziam ronda no km 149 da BR – 101, município de Jequiá da Praia, quando avistaram um Toyota Hilux Cd, de cor vermelha, realizando uma ultrapassagem em local proibido pela sinalização. Após abordagem, os PRFs solicitaram a documentação do condutor e veículo, momento no qual constataram que o homem estava violando uma penalidade de suspensão para dirigir veículo automotor, que teria duração até 25/02/2020. Questionado, o indivíduo admitiu ter conhecimento da suspensão e que estava recorrendo junto ao Detran. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e o condutor encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da Região.

Por Assessoria / PRF Alagoas

Comentários