Segunda etapa da campanha de vacinação contra aftosa é lançada em AL

02 nov 2012 - 10:10


A Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) abriu, oficialmente, a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa no Estado. Representantes do Governo e do setor agropecuário alagoano participaram de uma vacinação simbólica realizada nesta quinta-feira (1º), no Parque da Pecuária. A campanha tem como meta vacinar acima de 1,2 milhão de bovinos e bubalinos em todo o Estado.

Além do presidente da Adeal, Everaldo Rosa, a solenidade oficial contou com a presença do secretário de Estado de Agricultura, José Marinho Junior, que representou o governador Teotonio Vilela Filho, e do presidente da Federação da Agricultura de Alagoas, Álvaro Almeida, entre outras lideranças do setor.

“A segunda etapa começa nesta quinta-feira e prossegue até o dia 30 de novembro em todo o Estado. Aos poucos, estamos avançando. A nossa campanha está lançada, oficializada e vamos fazer desta etapa mais um sucesso de cobertura vacinal. Vamos cumprir o nosso calendário vacinal”, declarou Everaldo Rosa, destacando a parceria do Ministério da Agricultura no sucesso das etapas da campanha de vacinação.

O presidente da Adeal informou ainda que as doses das vacinas estão sendo vendidas nas lojas credenciadas do Estado. “O criador tem consciência do compromisso dele de vacinar os animais e fazer a declaração nos escritórios da Adeal. Na etapa passada, vacinamos mais de 1,2 milhão de animais. O governador Teotonio Vilela não mede esforços para este processo contra a aftosa alcance seu objetivo, que é a conquista da zona livre”, acrescentou.

O presidente da Adeal destacou ainda o empenho dos servidores da Agência de Defesa e das entidades do setor agropecuário que representam os criadores alagoanos pela conquista de resultados positivos nas etapas de vacinação em Alagoas. “A união de todos tem sido o motivo para o sucesso da campanha”, reforçou.

Segurança

O secretário da Agricultura de Alagoas destacou o empenho da Adeal para a conquista da zona livre da aftosa com vacinação. “Apesar do Ministério da Agricultura ter dado a opção de adiar este etapa da campanha por conta da seca, Alagoas, por intermédio da Adeal, demonstrou que está comprometida e segura de que vamos mudar de status sanitário, optando em não adiar a vacinação”, enalteceu José Marinho Junior.

“A luta contra a aftosa é um problema de todos nós. A Seagri tem acompanhado de perto todo este processo de evolução no combate a aftosa. Temos a certeza que esta será a última etapa da campanha com Alagoas na zona de risco médio. Estamos a um passo da zona livre com vacinação”, reforçou Marinho Junior.

Compromisso

O presidente da Faeal destacou a importância do criador no processo de vacinação, afirmando que todo o setor está consciente e engajado na luta contra a aftosa.

“Atravessamos muitos momentos de dificuldade e vencemos. Todos nós temos nossa parte neste processo. Estamos juntos e de mãos dadas contra a aftosa, que é um problema de todos”, reforçou o líder ruralista que representa o setor produtivo alagoano.

Na última campanha, realizada em junho passado, receberam a dose antiaftosa 1.248.305 animais, entre bovinos e bubalinos.

O número de bovídeos vacinados – com índice superior a 90% – foi o maior já registrado no Estado desde o início do Programa de Febre Aftosa. Para a campanha de vacinação contra a febre aftosa, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recomenda um índice de cobertura vacinal de 80% do rebanho.

por Agência Alagoas

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.