Secretaria de Prevenção à Violência realiza busca por dependentes químicos Duas pessoas foram encaminhadas para tratamento em uma das comunidades terapêuticas credenciadas

Everton Dimone / Seprev

04 out 2023 - 21:00


Equipes itinerantes percorreram locais com grande concentração de dependentes químicos. (Foto: Assessoria / Seprev)

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), por meio do Centro de Acolhimento de Arapiraca, realizou, nesta terça-feira (3), uma busca ativa noturna por dependentes químicos no município. A ação integra o cronograma da Superintendência de Políticas Sobre Drogas da Seprev, e resultou no acolhimento de duas pessoas.

As equipes itinerantes da Rede Acolhe percorreram locais com grande concentração de dependentes químicos para escutar as demandas desta população e apresentar a possibilidade de tratamento. As duas pessoas acolhidas foram encaminhadas para tratamento em comunidades terapêuticas credenciadas ao Governo do Estado.

Atualmente, a Rede Acolhe conta com 33 comunidades terapêuticas acolhedoras, que oferecem 750 vagas disponíveis para homens, mulheres e adolescentes a partir dos 12 anos de idade. Lá, o acolhido recebe suporte profissional de uma equipe multidisciplinar, formada por psicólogos, assistentes sociais e técnicos, que o acompanha durante todo o processo, ampliando consideravelmente as chances de êxito no tratamento.

O coordenador do Centro de Acolhimento de Arapiraca, Felipe Bispo, ressalta a importância das ações itinerantes e do apoio profissional para quem deseja abandonar o vício de forma permanente.

“Na maioria das vezes, o dependente químico se encontra em uma situação de extrema vulnerabilidade social, além de sofrer com os prejuízos ocasionados pelo uso dessas substâncias. Tudo isso dificulta uma tomada de decisão para o tratamento. As ações itinerantes e as buscas ativas são fundamentais para que essas pessoas possam ingressar no tratamento e superar a dependência química de forma efetiva”, afirmou o coordenador.

Atendimento

Quem tiver interesse em receber uma visita das equipes técnicas e solicitar o acolhimento para si ou para um familiar, basta ligar no número 0800 280 9390. O atendimento também pode ser feito de forma presencial em um dos Centros de Acolhimento, localizados em Maceió, Arapiraca e Santana do Ipanema.

Comentários