Santanense, residente em Palmeira dos Índios, morre em decorrência da Covid-19 Apesar da naturalidade sertaneja, idoso não deverá entrar nas estatísticas da SMS de Santana.

16 jul 2020 - 00:44


Seu Gerôncio faleceu nesta quarta em Maceió (Foto: Cortesia)

Faleceu nesta quarta-feira (15), vítima da Covid-19, o santanense Gerôncio Genuíno, de 86 anos. Apesar da naturalidade sertaneja, o idoso residia atualmente com uma das filhas, em Palmeira dos Índios, município do Agreste de Alagoas.

De acordo com informações passadas por familiares ao site, Gerôncio estava internado em um hospital na capital alagoana. Os parentes também disseram que ele não possuía nenhuma comorbidade.

Como o santanense não residia em sua terra natal, sua morte não deverá entrar para as estatísticas da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Santana do Ipanema.

Seu Gerôncio, como era conhecido, foi proprietário de uma mercearia na Rua Tertuliano Nepomuceno. Ele é pai de Daga, dono de uma padaria em Santana, além de Betânia, que ao lado do marido Willames, administram um restaurante no Sertão de Alagoas.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.