Santana: Após polêmica com vereadores, procurador da Câmara pede exoneração Operador do direito afirmou que vai entrar com ações contra os vereadores por crime contra a honra em seu exercício profissional.

30 ago 2019 - 16:56

Procurador [à direita] esteve hoje na Câmara nesta sexta (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

O advogado Osman Gaia Filho pediu exoneração do cargo de procurador da Câmara de Santana do Ipanema. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (30), pelo presidente da Casa Tácio Chagas Duarte, Mário Siqueira (MDB), durante sessão ordinária.

O dirigente da Mesa Diretora leu o requerimento de Osman Filho, que além do desligamento, repudiou as falas de vereadores que criticaram sua participação como advogado em uma audiência em favor do prefeito Isnaldo Bulhões (MDB). RELEMBRE.

“Justifico para tanto o pedido de exoneração para que, após ela, em respeito ao Estatuto e ao Código de Ética da OAB, eu mesmo possa ingressar no Poder Judiciário, peticionando o que for cabível para cada um dos atos praticados pelos senhores vereadores, pois se assim o fizesse, seria incompatível com o meu exercício profissional”, escreveu o então ex-procurador.

Em contato com a reportagem, o operador de direito santanense disse que essa era a resposta que ele precisava dar, após repercussão da polêmica por pelo menos duas sessões da Câmara. Ainda sem dizer os nomes, Osman afirmou que deve mover ações contra os vereadores por crime contra a honra em seu exercício profissional.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários