Santana: Após assumir defesa do prefeito, procurador da Câmara recebe críticas

10 ago 2019 - 11:41

Advogado e procurador da Câmara de Santana, Osman Gaia Filho (Foto: Arquivo Pessoal)

O procurador da Câmara de Santana do Ipanema, Osman Gaia Filho, foi alvo de duras críticas por parte de parlamentares daquela casa durante sessão ordinária desta sexta-feira (9). As manifestações aconteceram após o vereador Marciano dos Santos (PPS) revelar que o advogado apareceu como defensor do prefeito Isnaldo Bulhões (MDB), numa ação que o gestor moveu contra o edil.

Marciano usou a tribuna para falar sobre o episódio ocorrido na última quarta-feira (7) e classificou a participação do advogado no caso como algo imoral.

“Como um procurador que o presidente afirmou em tribuna, é uma pessoa imparcial, que não possui vínculo com a gestão do município, está defendendo o gestor? Trabalhando contra o poder legislativo que lhe paga todos os meses 5 mil reais, para exercer o cargo de procurador”, declarou o edil.

A fala de Marciano logo despertou outros parlamentares, o primeiro deles Eudes Vieira da Paixão, o Meirica (PSB), que sem cerimônia pediu a Mesa Diretora a destituição do advogado do cargo de procurador da Câmara de Santana do Ipanema. “Ele não serve para nós vereadores dessa casa”, reclamou Meirica.

Outro que também usou um aparte na fala de Marciano foi Jacson Chagas (PSol). Para o edil, o prefeito teria chamado o procurador da Câmara de propósito, para causar polêmica entre os vereadores.

“Eu acredito que o procurador da Casa não cometeu nenhum crime. Ele pode defender qualquer cidadão. Agora, o que fica é que o prefeito conseguiu o que queria. Com tanto advogado que tem por aí, ele foi escolher logo quem? O que atua aqui, por quê? Porque ele quer tirar o nosso foco da administração dele e colocar brigas internas nessa casa. E ele conseguiu, que é o que está acontecendo hoje”, declarou.

A terceira manifestação sobre assunto foi do vereador José Vaz (PP), que iniciou dizendo que não iria usar a tribuna nessa sessão, mas pela gravidade do assunto, decidiu também falar.

“Diante dessa denúncia, eu fiquei estarrecido. O advogado desta Casa é a testemunha do prefeito numa audiência de conciliação, acusando um vereador dessa Casa. Vereador Marciano, represente ele na OAB para que ela tome as devidas providências. Esta Mesa também precisa fazer sua parte. Como é que podemos confiar no procurador desta casa? Um procurador que acusa?”, indagou.

Respostas

O site Alagoas na Net manteve contato por telefone com o advogado Osman Gaia Filho, que disse estar num congresso em Delmiro Gouveia e que por isso não poderia naquele momento dar maiores esclarecimentos sobre o caso. Ele afirmou que posteriormente poderá abordar o assunto.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários