Reeducandos de Maceió são transferidos para o presídio do Agreste

17 jan 2017 - 07:00


Foto: Jorge Santos / Agência Alagoas / Arquivo

Foto: Jorge Santos / Agência Alagoas / Arquivo

Pelo menos 240 reeducandos, que cumpriam pena no Presídio de Segurança Máxima em Maceió, foram transferidos, no início da tarde desta segunda-feira, 15, para o presídio do Agreste, em Girau do Ponciano. Nesta manhã, centenas de familiares de detentos realizaram um protesto na BR-104 com a intenção de cobrar notícias sobre a transferência dos presos, mas a manifestação foi encerrada após acordo com a Polícia Militar.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), a medida foi tomada com o intuito de evitar motins no sistema prisional alagoano. Antes da transferência dos presos, equipes da Polícia Militar realizaram vistorias nas celas.

Os reeducandos foram encaminhados por volta das 13h20 ao presídio do agreste em seis ônibus, que contaram com a escolta de unidades do Tigre, Batalhão de Radiopatrulha (BPRP), Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) e Bope.

Após a saída dos detentos, os familiares, que estavam em frente ao Complexo Penitenciário, se dispersaram. A movimentação estava sendo acompanhada pelos policiais do BPRP.

Após a chegada dos reeducandos, que estavam em Maceió no presídio do Agreste, outros 240 detentos daquela unidade prisional serão transferidos a Maceió, onde ficarão custodiados.

Na manhã de hoje, em coletiva à imprensa, o governador de Alagoas, Renan Filho, informou que já solicitou ao Ministério da Justiça vagas nos presídios federais para 20 reeducandos, presos em Alagoas. Enquanto a solicitação não é atendida, os detentos estão sendo relocados em presídios alagoanos. Ainda conforme o governo, durante as transferência, eles estão sendo separados por grau de periculosidade e facções.

Do Alagoas 24 Horas

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.