Rede Estadual faz ações e atividades em preparação para o Enem; confira Exame será feito por 56 mil candidatos em Alagoas e é porta de entrada para as principais universidades do país.

27 nov 2021 - 09:24


Foto: Thiago Ataíde / Agência Alagoas

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é a principal porta de entrada dos estudantes no ensino superior. Com 56 mil inscritos em Alagoas, o segundo dia de provas acontece neste domingo (28). A rede estadual de ensino intensificou as revisões de conteúdo com alternativas de estudo online e também com aulões preparatórios presenciais para a prova.  

“Os professores foram muito cuidadosos nas abordagens dos assuntos mesmo durante as aulas on-line, para que conseguíssemos aprender o máximo mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia,” conta Victória Menezes, aluna da Escola Estadual Princesa Isabel, localizada no bairro do Farol, em Maceió.

A estudante conta ainda que sonha em fazer enfermagem e, com o retorno das aulas presenciais, está aproveitando cada momento das aulas. “Minhas expectativas são muito altas na aprovação porque estou acompanhando todas as revisões possíveis e me sinto muito preparada para concluir a prova”, completa Victória.

Visando reforçar a aprendizagem e estimular os alunos, a secretaria de Estado da Educação (Seduc),  juntamente com algumas entidades parceiras, realiza mobilizações como aulões, revisões, ambientes virtuais, podcasts e momentos de descontração. A Superintendência de Políticas Educacionais (Suped), por exemplo,  lançou o #seliganadica, um podcast feito pelos professores da rede com dicas curtas de todas as áreas de conhecimento. 

Outra ação adotada é a Escola Virtual de apoio às Aprendizagens (EVaA), por meio da qual os estudantes têm acesso a aulas semanais.

“O aluno pode acessar o formulário de agendamento, disponível na escola web, e conferir o calendário das aulas, no qual ele vai se cadastrar na aula que deseja e receberá o link no e-mail institucional. Lá, ele vai ter acesso às aulas síncronas [que ocorrem em tempo real] além do conteúdo prévio, chat e fórum para dúvidas”, explicou Wilza Rocha, técnica educacional da Suped.

Aulões no interior e na Capital

Em Teotônio Vilela, no agreste do estado, as escolas estaduais Pedro Joaquim de Jesus e Aprígio Brandão Vilela, em parceria com a secretaria municipal de Educação (Semed), promoveram, de forma presencial, um “revisaço” com diversas atividades. O evento durou dois dias com uma vasta programação, onde os alunos tiveram a oportunidade de rever os assuntos mais cobrados, como conta o gestor Eliano da Rocha.

“Foi um evento de grande relevância, pois os estudantes puderam revisar os principais conteúdos de cada área de conhecimento, de forma dinâmica e atrativa, complementando o trabalho realizado na sala de aula. Além disso, também foi trabalhada a questão emocional, por meio de uma palestra motivacional, buscando diminuir a ansiedade que atinge muitos alunos às vésperas da prova”, pontua Eliano, responsável pela gestão da Escola Estadual Pedro Joaquim de Jesus.

Em Maceió, a Escola Estadual Professor José da Silveira Camerino, também realizou aulões presenciais de preparação para o Enem. A gestora da unidade, Sheila Cardoso, está otimista para as provas. De acordo com ela, os professores buscaram explicar o funcionamento da prova, além de revisar os temas mais pertinentes.

“Estamos passando para eles o sentido da prova do Enem. Como é a estrutura, o horário de funcionamento, além dos conteúdos que devem ser abordados no exame. O nosso grande objetivo é fazer com que eles realizem uma boa prova e consigam alcançar os seus objetivos”, afirma Sheila.

Cuidados sanitários

Segundo a organização, além do distanciamento social, cuidados sanitários serão mantidos nos locais de provas impressas. Cartazes com orientações e álcool em gel estão instalados nos ambientes internos. Todos serão higienizados desde a entrada de acesso. Os candidatos devem manter o uso correto de máscaras durante horário integral em que permanecer no local de prova, exceto em casos de recomendação médica, orientados diretamente via Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) lembra aos candidatos que a abertura dos portões para a realização das provas será às 12h, horário de Brasília, e o fechamento ocorrerá às 13h, horário marcado para início do exame. Segundo o Inep, os cartões que indicam os locais das provas estão disponíveis CLICANDO AQUI e não é obrigatória sua apresentação na hora do exame, mas apenas um documento de identidade impresso, com foto e data de validade em dia. O único documento digital que será aceito é o Boletim de Ocorrência (BO) e nenhum outro.

Por Allana Dias e Raphael Silva, sob supervisão / Agência Alagoas

Comentários