Rateio: servidores da Educação de Santana terão 7 salários e meio, diz prefeita A prefeita entregou o projeto de lei, que regulamenta o pagamento, ao presidente da Câmara Municipal, que prometeu agilidade.

Lucas Malta / Da Redação

28 jan 2022 - 23:58


Prefeita entregou projeto de lei do rateio (Foto: Reprodução / Instagram / Prefeita Christiane)

Após muita pressão e cobranças por parte do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteal), a prefeita de Santana do Ipanema, Christiane Bulhões (MDB) anunciou na noite desta sexta-feira (28) o tão esperado rateio com as sobras dos recursos do Fundeb de 2021. 509 servidores da Educação serão contemplados.

Em suas redes sociais, a gestora disse que os recursos a serem repassados somam R$ 8 milhões e após cálculos do Executivo, cada servidor efetivo terá em suas contas um valor referente a 7 salários e meio. A prefeita entregou o projeto de lei, que regulamenta o pagamento, ao presidente da Câmara Municipal, Moacir Júnior.

Em conversa com o site Alagoas na Net, o chefe do Poder Legislativo ressaltou que já entrou em contato com alguns dos seus pares e vai pedir a todos que se empenhem para que na próxima sexta-feira, dia da primeira sessão ordinária após a volta do recesso, já seja apreciado e aprovado o PL no plenário.

“A prefeita fez a sua parte e vamos fazer a nossa com a maior agilidade possível. Sei o quanto os servidores da Educação esperam por esse rateio, por isso garanto o empenho da Câmara Municipal nesse assunto”, declarou o parlamentar santanense.

Também em contato com a reportagem, o secretário de Educação do município, o professor Edmilson Genuíno Júnior falou que os recursos já estão empenhados, somente esperando a aprovação e sansão do projeto. “É passando pela Câmara e sendo sancionado pela prefeita, que logo em seguida estará nas contas dos servidores”, garantiu.

Boa bolada

De acordo com o secretário municipal de Educação, os servidores santanenses vão receber algo nunca visto em Santana do Ipanema. Genuíno fala que esse repasse é fruto de um trabalho cuidadoso da gestão.

“Será o maior rateio do estado e prova de como a gestão está compromissada com os trabalhadores, não cedendo a fazer as coisas de qualquer jeito, mas sim da maneira legal e correta”, enfatizou o titular da pasta.

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.