Sobre Erickson Soares

Comecei a escrever para blogs em 2012. Gosto de coisas simples e bem planejadas. Pontual, e isso não é tão bom assim.


QUEM SABE FAZ A HORA

10 setembro 2018


Foto: Divulgação

Não é novidade que os partidos políticos no Brasil estão cada vez mais enfrentando crises, principalmente, no que se refere a legitimidade e carisma com a população.

Isso é um dos combustíveis que tem fortalecido o aparecimento de grupos com propostas de políticas públicas, principalmente, formados por jovens da sociedade civil. De longe, esses grupos têm dois pontos em comum. O primeiro ponto é o interesse em manter um debate com a população sobre pontos que realmente interessem a própria população.

O segundo ponto é a crítica a “atual” forma de política e politicagem que prevalecem no Brasil. Atual entre aspas, visto que a política no Brasil possui tais características há um bom tempo. A proposta central é a renovação na política, com a participação cada vez mais de jovens.

O Movimento Acredito é um desses grupos e tem se destacado principalmente por ser idealizado e encabeçado por jovens e colocar por água à baixo a polarização direita-esquerda. Propõem-se como uma alternativa de renovação nacional e superação à polarização radical de direita e esquerda.

Os jovens que estão à frente do Movimento Acredito são o professor Felipe Oriá, o consultor José Frederico Lyra e a pesquisadora Tábata Amaral. E na próxima eleição, o grupo está lançando candidatos em vários estados do Brasil.

Precisamos sim valorizar os jovens que há algumas décadas estiveram engajados na conquista da democracia. Porém, os tempos são outros e com novos desafios a serem superados. Com novas lideranças, novas propostas, esperança renovada e um extenso caminho. Para a conclusão, fica então o convite para conhecer o Movimento Acredito suas ideias e propostas. Clicando aqui (https://www.movimentoacredito.org/), você acessa o site.

Comentários