Proibição de Vaquejadas pode atingir eventos programados em Alagoas

16 nov 2016 - 08:43

Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net

Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net

A quebra de braço entre a Justiça e os organizadores das Vaquejadas, em Alagoas, promete ter muito mais capítulos em 2016. Na última semana a juíza Clarissa Oliveira Mascarenhas suspendeu o evento que seria realizado no Parque Ulisses Miranda, em Palmeira dos Índios, no Agreste do Estado.

A decisão acabou pegando a organização do evento de surpresa e atinge outros eventos marcados para os próximos dias aqui em Alagoas, como a Vaquejada de Pilar, por exemplo, que acaba de ser transferida para o interior de Pernambuco. Já a Vaquejada de Arapiraca, marcada para o início de Dezembro, ainda está confirmada no Parque Divina Luz.

Na liminar da última semana, a juíza usou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, por maioria dos votos, entendeu como cruel e maldosa a prática da vaquejada para sustentar a suspensão. A Associação dos Vaqueiros do Brasil (AVAQ) recorreu da decisão.

Veja a matéria completa no CadaMinuto

Comentários