Primeira cerveja brasileira a base de cacto é de Santana do Ipanema; conheça

08 jan 2019 - 20:52

Rótulo da nova remessa de Cacto Beer de Santana (Foto: Divulgação)

Nascida no seio do mandacaru e velame, duas plantas características da Caatinga, a primeira Cacto Beer brasileira é genuinamente alagoana, mais precisamente natural de Santana do Ipanema, cidade do Médio Sertão.

A notícia foi dada ao site Alagoas na Net pelo empresário Tiago Barros, dono de um restaurante da cidade. Ele explica que sempre vendeu bastante cerveja artesanal, mas que, devido sua paixão pelo líquido, ano passado decidiu produzir as próprias cervejas.

“Tudo começou no ano passado, após uma reunião que tive com o chefe de cozinha Timóteo Domingos, alagoano radicado em Canindé de São Francisco e especialista em gastronomia com cactos, e o mestre cervejeiro de Aracaju, Raoni Matos, experiente na área de bebidas e que já produziu outras cervejas em seu estado”, conta Tiago.

Dessa união Alagoas/Sergipe nasceu uma cerveja do tipo Blond Ale com essência de cacto. “O primeiro lote foi feito entre abril e maio e começamos a vender no restaurante durante os jogos da Copa do Mundo. Ela foi muito bem aceita e logo esgotou”, conta o empresário.

Outro lote foi feito para um evento especial do Oishi Sushi, a Oktoberfest Sertão. Novamente a cerveja foi muito procurada, garantido o sucesso da noite. RELEMBRE AQUI. Agora, para 2019, a Cacto Beer sertaneja vai ganhar uma nova roupagem e até outras companheiras.

Cacto Beer é um dos destaques do Oktoberfest Sertão (Foto: Messinho Tenório / Inove)

“Depois do sucesso da Cacto criamos mais duas cervejas artesanais e produzimos um belo rótulo para todas. Nos próximos dias estaremos apresentando todas elas para o público”, revela Raoni, sócio de Tiago.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários