Presidente do TJAL conclama servidores para avaliação de desempenho 'O propósito básico é, um pouco mais adiante, servir de instrumento para que as promoções se realizem', disse Tutmés Airan

14 out 2020 - 19:30

Avaliação de desempenho para servidores do TJAL começa no dia 15/10 (Foto: Assessoria)

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Tutmés Airan, ressaltou a necessidade de servidores e magistrados do Tribunal participarem do ciclo de avaliação de desempenho que o Judiciário inicia no próximo dia 15/10. “Conclamo a todo mundo para que possamos fazer a melhor avaliação possível”, disse.

O propósito básico é, um pouco mais adiante, servir de instrumento para que as promoções se realizem. Para isso, a avaliação de desempenho se constitui em um elemento central, fundamental, afirmou Tutmés Airan.

De caráter obrigatório, todos os colaboradores efetivos e comissionados precisam responder o questionário que será disponibilizado no sistema GCA, dentro do Intrajus.

O prazo de resposta se estenderá até o dia 14 de novembro. Caso não participe, o servidor poderá obter conceito insuficiente, de acordo com as regras do ato normativo n° 19/2020. As avaliações ficarão armazenadas em um banco de dados que contém o histórico de cada funcionário. 

De acordo com o diretor de gestão de pessoas do TJAL, Abelardo Laurindo, as informações recolhidas são necessárias para que o Tribunal conheça os servidores e identifique a política correta de pessoal para os próximos anos. “A avaliação de desempenho tem resultado essencial porque ela identifica a potencialidade de cada servidor e as deficiências de cada um”, explica.

Sensibilização de pessoal

Os servidores envolvidos na avaliação (avaliadores e avaliados) poderão participar de sensibilização virtual realizada pela Diretoria Adjunta de Gestão de Pessoas (DAGP) na quinta-feira (15), das 10h às 12h. Nela, os participantes poderão entender sobre como responder o questionário, assim como compreender o procedimento de abertura dos feitos relativos ao desenvolvimento funcional. 

 A palestra, que ocorrerá através da plataforma Doity Play, terá limitação de 300 participantes. Quando a primeira turma lotar, serão abertas novas inscrições para datas que serão anunciadas pelo ‘Tjotinha’, via Whatsapp.  O servidor deverá permanecer na transmissão ao menos 80% do tempo para que possa receber o certificado de participação.

Dúvidas poderão ser esclarecidas através do e-mail desenvolve@tjal.jus.br ou por meio da sala de atendimento virtual da DAGP no Google Meet. 

Assista no vídeo abaixo, da TV Tribunal, o pronunciamento do presidente.

 

Por José Otávio Silveira / TJAL

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.