Prefeito assume Executivo após três derrotas nas urnas

09 jan 2013 - 17:52


Foto: Maltanet

A cidade é Maravilha. O prefeito é Carlos Luiz Martins Marques, o Luizinho (PTB). Eleito em outubro de 2012 com 2.885 votos (53,46% dos votos válidos), Luizinho teve que amargar três derrotas nas urnas, antes de assumir o comando da Prefeitura de Maravilha, no dia 01 de janeiro.

Após derrotar o ex-prefeito da cidade, Márcio Gomes (PSC), que buscava à reeleição, o petebista por anda passa diz que agora “lavou a alma” pela vitória obtida nas urnas, depois de insistir quatro vezes pelo Executivo do município.

Sempre na oposição ao o ex-prefeito, Luizinho teve que esperar mais de quinze anos para sentar na cadeira de prefeito. Na primeira eleição, em 1996, Márcio Gomes venceu com uma diferença de 131 votos. Em 2000, Gomes foi reeleito prefeito e Luizinho não disputou o pleito.

Já em 2004, como não podia um terceiro mandato, Gomes colocou um aliado fortíssimo, Antônio Jorge Rodrigues, o Nino (PMDB), que também conseguiu derrotar o agora atual prefeito e ficou no comando da cidade para cumprir os quatro anos, enquanto dava tempo de Márcio Gomes retornar ao cargo.

Sendo assim, em 2008, Nino abre espaço para que Márcio concorra ao pleito naquele ano. Vitorioso, mais uma vez, o grupo de Gomes consegue se manter no Poder com uma vitória bem apertada: 108 votos a mais que o principal adversário.

Anos depois, Luizinho superou todas as derrotas e criou fôlego para disputar mais uma eleição em Maravilha. Em outubro de 2012, numa quarta tentativa, com uma diferença de 373 votos, Carlos Luiz Martins Marques – enfim – consegue derrotar o grupo Gomes e arrancar do Executivo maravilhense a supremacia política que há anos dominavam o município.

Com isso, após quatro eleições “consecutivas”, Luizinho saiu vitorioso no pleito de 2012. No entanto, provou que com insistência e perseverança é possível alcançar um objetivo na política, principalmente, quando a vontade do povo é querer mudar.

Posse

No dia 01 de janeiro, na posse do prefeito, vice e vereadores, centenas de pessoas participaram da solenidade de transmissão de cargo. Luizinho e Manoel Ormindo Brandão Barros, o Mindinho, ambos do PTB, prometeram administrar o município com desenvolvimento e mudanças.

Nos discursos, palavras de agradecimentos e recados para o ex-prefeito Márcio Gomes. “O município foi tomado por uma quadrilha que só queria enriquecer ilicitamente, mas deverá ser investigado pelo Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc)”, disse o vereador reeleito, Dr. Ronivon (PSD).

Já o ex-prefeito Osman Catarina, emocionado, citou o período em que sofreu perseguições por parte do ex-prefeito. “Agora é o tempo de Luizinho recuperar o município e apagar o período perdido e de sofrimento daquele prefeito irresponsável”.

No entanto, Márcio Gomes não compareceu à cerimônia de posse e também não entregou as chaves da Prefeitura para seu adversário político. Houve um clima de animosidade?

Será?

Por Blog do Kleverson Levy / Cada Minuto

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.