Prazo para adesão ao programa de distribuição de sementes encerra nesta sexta

03 mar 2015 - 20:00

Governo de Alagoas vai distribuir milho, feijão, arroz e sorgo aos agricultores familiares cadastrados.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Com mais de mil toneladas de grãos a serem distribuídas, o Governo de Alagoas alerta que será encerrado nesta sexta-feira, 6, o prazo para o credenciamento das entidades interessadas em participar do programa de distribuição de sementes para o plantio da safra 2015.

De acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Aquicultura, podem se cadastrar no programa associações, cooperativas e sindicatos com, no mínimo, três anos de existência, além das prefeituras municipais, que representem grupos de agricultores familiares. Este ano, serão distribuídas sementes de milho, arroz, sorgo e feijão de corda, além de feijão de arranca.

“É uma ação de governo importante para a agricultura familiar. Já foram atendidos mais de 107 mil pequenos produtores rurais pelo programa que chega a 100% dos municípios alagoanos. Por este motivo, as entidades devem ficar atentas para não perder o prazo de credenciamento. As sementes são doadas pelo Estado e sem custos para o produtor”, declarou o secretário de Agricultura, Pesca e Aquicultura de Alagoas, Álvaro Vasconcelos.

O edital do programa foi lançado em dezembro do ano passado, estando disponível no site da Seapa. O processo, contendo a documentação das entidades e informações relativas ao quantitativo de agricultores beneficiados e a necessidade de sementes, deve ser encaminhado à secretaria, onde será analisado pela comissão estadual do programa.

Conforme o edital, os agricultores que tiverem aderido ao programa Garantia Safra terão prioridade no atendimento. O quantitativo de semente distribuído por produtor vai variar de acordo com a área reservada ao plantio. Na proposta, as entidades devem apresentar também a logística de distribuição que será adotada junto aos beneficiários.

“Este ano, o governo de Alagoas espera ampliar o número de agricultores familiares beneficiados pelo programa com sementes de qualidade que possam garantir uma safra melhor em 2015 com segurança alimentar e renda aos beneficiários do programa”, informou o superintende de Desenvolvimento Agropecuário da Seapa, Hibernon Cavalcante.

Por Dorgival Junior / Agência Alagoas

Comentários