Câmara pode votar reajuste da CIP em Santana do Ipanema nesta quarta (26)

26 dez 2018 - 13:35

Câmara tem audiência extraordinária nesta quarta (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

A Câmara de Vereadores de Santana do Ipanema, município do Médio Sertão de Alagoas, poderá votar nesta quarta-feira (26) o projeto de lei que versa sobre o reajuste da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), taxa paga nas contas de energias.

Em contato por telefone, o presidente da Casa Tácio Chagas Duarte, o vereador Mário Siqueira (MDB) confirmou ao site Alagoas na Net realização da sessão extraordinária marcada para hoje e disse que as comissões vão entregar seus pareceres ainda mais tarde.

“Estive em contato com os membros da comissão de Constituição e Justiça, além da de Orçamento e Finanças e eles me disseram que vão encaminhar até mais tarde seus pareceres”, relatou o presidente.

Oposição contesta

Já em entrevista ao programa Liberdade de Expressão, na manhã de hoje, o vereador José Vaz (PP), que é presidente da comissão de Constituição, negou a apresentação do parecer e disse que se a lei for votada hoje ele e outros parlamentares vão entrar na Justiça.

“Eu sou o presidente, não faço o parecer, mas marco as reuniões. Se a Mesa colocar esse projeto em votação estará atropelando o Regimento Interno da casa e não vamos aceitar isso”, declarou Zé Vaz, que faz coro com outros três vereadores de oposição.

Projeto Polêmico

Debatido desde o início do ano, o reajuste da CIP em Santana do Ipanema carrega diversas polêmicas, que começaram desde a denúncia de fraude num projeto de lei até a divulgação de aumentos abusivos.

De um lado a Prefeitura diz que a aprovação desse projeto é importante porque há um déficit na arrecadação da CIP, fazendo com que o município tire dinheiro dos recursos próprios para pagar as despesas.

Do outro, vereadores da oposição contestam as informações que chegaram à Câmara e alegam que o município está abusando no reajuste e cobrando demais do cidadão.

Para tentar dirimir algumas dúvidas e polêmicas, o superintendente do Consórcio Intermunicipal de Gestão da Iluminação Pública (Cigip), do qual o município de Santana faz parte, esteve na ultima segunda-feira (24) em uma reunião da Comissão de Constituição e Justiça. RELEMBRE O CASO.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários