Polícia prende homem suspeito de ajudar acusado no atentado em Olivença Homem foi preso por ameaçar ex-mulher, ao saber de suposta denúncia de apoio ao homicida.

28 out 2021 - 19:54


Delegacia Regional de Santana do Ipanema está apurando o caso ocorrido em Olivença (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

Um homem de 39 anos foi preso, na tarde desta quarta-feira (27), após ameaçar sua ex-companheira, ao supor que ela teria o denunciado por uma suposta ajuda ao autor do atentado a bala que vitimou mãe e filha, crime ocorrido no início da semana, dentro de um cartório em Olivença, município do Médio Sertão de Alagoas.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada, por volta das 8h30, e se dirigiu até o bairro Clima Bom, onde ex-mulher do acusado apresentou áudios e falou das ameaças. Os militares fizeram diligências e o prenderam, levando até a Delegacia Regional de Polícia (DRP) em Santana do Ipanema.

Segundo apurado pelo site Alagoas na Net, esse mesmo homem teria sido ouvido pela Polícia Civil, no dia em que a PM apreendeu a moto usada no crime contra as mulheres no cartório. A ameaça dele contra a ex-mulher aconteceu justamente depois dele prestar depoimento na polícia. Após o flagrante, ele foi levado ao Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) onde está a disposição da Justiça.

Na tarde desta quinta (28), o delegado regional Hugo Leonardo, responsável pelas investigações do crime contra as duas mulheres  gravou um vídeo, que foi divulgado nas redes sociais da Polícia Civil. Ele falou sobre a prisão deste homem, mas não detalhou a possível participação que ele teria no crime envolvendo a morte da dona Damiana, além da tentativa de homicídio contra sua filha.

Veja abaixo o vídeo do delegado:

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Polícia Civil de Alagoas (@policiacivildealagoas)

VEJA TAMBÉM

Jovem baleada em Olivença era ameaçada e perseguida pelo ex, diz irmã da vítima

Olivença: Suspeito de atirar em mãe e filha foi preso armado ano passado

Associação de Cartórios e Corregedoria do TJ emitem nota sobre crime em Olivença

Atentado no Cartório

A dona de casa Damiana Roberto Correia Mélo, de 45 anos, e sua filha Dayrla Roberto Correia de Mélo, 21, foram alvos de um atentado à bala, na última segunda-feira (25), dentro de um Cartório de Registro Civil em Olivença, município situado no Médio Sertão de Alagoas.

Damiana não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda no local, enquanto a filha foi socorrida ao Hospital Regional Clodolfo Rodrigues de Melo, em Santana do Ipanema e depois foi transferida para o Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca. Apesar de ainda estar internada, seu estado de saúde é estavel.

O acusado de cometer o crime contra mãe e filha é um ex-namorado da jovem Dayrla. Segundo já divulgado pela polícia, o homem não estaria satisfeito com o término da relação. Em entrevista ao site Alagoas na Net, a irmã da vítima confirmou que ela era ameaçada e perseguida pelo acusado.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.