Sobre Sérgio Campos

Sérgio Soares de Campos, nasceu em 11 de novembro de 1961, em Santana do Ipanema, Alagoas. Possui crônicas publicadas em sites e livros como: À Sombra do Umbuzeiro e À Sombra do Juazeiro. É membro idealizador e cofundador da Associação Guardiões do Rio Ipanema (Agripa). Criou o projeto musical Canteiro da Cultura, lançado dia 14 de dezembro de 2019.


Perfeito Somente o Pai Celestial

9 agosto 2020


Foto: Free-Photos / Pixabay

O maior presente que um filho pode dar a um pai é o respeito, em forma de amor, ainda que ele não o enxergue, em seu genitor, como o seu maior benfeitor.

Pela dádiva de Deus, autor da vida, eles se juntaram – pai e filho – para uma família compor, e assim possam, cada um com sua tarefa, ter o seu esplendor, ainda que obstáculos tentem, a família, decompor.

Existem o pai liberal e o pai conservador, mas os dois, mesmo com diferentes formas de lidar com seu filho, sempre, o seu gerador na Terra, será dele o mentor.

Ainda que haja decepções, nunca um filho deve guardar de seu pai um rancor, assim com um pai só deve proporcionar ao seu filho momentos de esplendor.

Quando um malfeitor atinge um filho amado e cria problemas em seu desfavor, o seu pai, sendo um exímio cuidador, sente em sua alma uma enorme dor.

Um amoroso pai, que se põe como um incansável protetor, assim como o cuidadoso pastor, jamais abandona seu filho, ainda que ele se desvie e se torne, para sua família, um opressor.

Acima de tudo, o que deve reinar, entre pais e filhos, para ser gerado um lar promissor, é o que o Pai Celestial nos concedeu como maior valor e exemplo de união, o amor.

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.