Pagamento de 13º salário de servidores do AL injeta mais de R$ 350 milhões Alagoas é um dos poucos estados do país a disponibilizar antecipadamente o abono aos servidores.

10 nov 2021 - 09:30

Foto: Divulgação

O 13º salário do funcionalismo público do Estado de Alagoas começou a ser pago nesta terça-feira (9), um dia antes do anunciado pelo governador, que prometeu repasse para esta quarta (10). Recebem o abono natalino, cerca de 70 mil funcionários públicos ativos, inativos e pensionistas de todas as faixas salariais.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL), o pagamento do 13º em 2021 injeta no mercado alagoano mais de R$ 350 milhões, o que deve impulsionar as vendas no comércio e o desenvolvimento da economia local.

Com as contas ajustadas, Alagoas é um dos poucos estados do país a disponibilizar antecipadamente o abono aos servidores, visto que a data proposta para os estados era 20 de dezembro.

“Esse pagamento é motivado por todo um trabalho realizado nesta gestão. O esforço fiscal realizado pelo estado de Alagoas, desde 2015, possibilitou não só pagar a folha dentro mês, mas creditar o 13º do servidor público de forma antecipada e já com o aumento dos servidores da Educação. A diferença da folha de outubro da Educação será paga amanhã”, ressalta o secretário da Fazenda, George Santoro.

O feito foi repetido durante toda a gestão de Renan Filho, desde 2015. No cenário nacional, enquanto muitos já atrasavam os pagamentos, Alagoas era um dos poucos entes federados que estava conseguindo manter em dia a folha salarial.

Entre os dias 27 de outubro e 10 de novembro, cerca de R$ 700 milhões do Tesouro Estadual são inseridos na economia de Alagoas, período que compreende o pagamento da remuneração do funcionalismo estadual além do 13º salário.

Da Redação com Assessoria Sefaz-AL

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.