Ouro Branco: Prefeitura cria comissão para fazer inventário do patrimônio A prefeita alega que "mesmo após diversas providências por parte da  gestão", diversos documentos permanecem indisponíveis para a nova equipe que tomou posse.

13 jan 2021 - 09:00

Vista aérea da cidade (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Ouro Branco, município situado no Médio Sertão de Alagoas, emitiu, nesta terça-feira (12), mais um decreto, assinado pela prefeita Denyse Nobre, no qual criou uma comissão para levantamento do inventário e identificação do patrimônio público. Na segunda (11), o Executivo comunicou estar em emergência administrativa.

A medida, segundo a gestão, decorre devido a mudança do comando da Chefia do Executivo Municipal, que aconteceu desde o último dia 1º de janeiro. A prefeita alega que “mesmo após diversas providências por parte da  gestão”, diversos documentos permanecem indisponíveis para a nova equipe que tomou posse.

De acordo com o documento, publicado no Diário Oficial do Estado de Alagoas, a comissão tem objetivo de buscar os bens existentes no almoxarifado, depósitos e etc. O grupo é composto por três membros, que vão avaliar as situações e emitir relatório circunstanciado, dos bens móveis e imóveis.

“Fica a Comissão autorizada a promover diligência no Cartório de Registro de Imóveis e em quaisquer órgãos e locais que necessários. (…) A Comissão terá um prazo de 30 (trinta) dias, a partir do dia em que se encerrarem as atividades, para apresentar um Relatório contendo todos os dados levantados”, diz partes do decreto.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários