Sobre Diógenes Pereira

Diógenes Rodrigues Pereira é Psicólogo Clínico, Terapeuta Cognitivo Comportamental, Especialista em Avaliação Psicológica, Palestrante, Consultor Pessoal e Organizacional. Formado pelo Centro Universitário Cesmac (Maceió).


Não me deixem morrer

13 setembro 2021


Setembro Amarelo discute medidas para evitar transtornos psíquicos que levam ao suicídios (Foto: Carla Cleto / Agência Alagoas)

A cada ano acontece

A campanha mundial,

Mas só que não permanece

O que é essencial,

O apoio, o cuidado,

Falta alguém ao meu lado

Após setembro amarelo.

No sofrimento da vida

As vezes falta saída,

Por atenção eu apelo.

 

A nossa sociedade

Continua violenta,

Como na antiguidade

Só mudou a ferramenta.

Pra punir e pra julgar,

Quem trair ou quem roubar,

Não é mais apedrejado.

O bullying estrutural

E na rede social

Ofendido e humilhado.

 

O suicídio é um adeus

Um tabu para cultura.

Uns dizem: – é falta Deus.

Outros dizem: – é frescura.

Na vida eu tenho sofrido,

Sou doente estou perdido

Por causa da violência.

Me sinto muito culpado,

Sem forças e esgotado,

Perdi a minha essência. 

 

Quem devia me ensinar

Me dá carinho e conforto,

Insiste em me espancar,

Por isso quero estar morto.

Sou mentalmente doente,

Recebo de um parente

Violência sexual,

Violência psicológica,

A família patológica

E conflito emocional.

 

Como eu muitas pessoas,

Estão pedindo: – socorro!

Escassas de coisas boas,

Recebem muitos esporros.

Vários seres desumanos,

Cruéis, rudes e tiranos,

Maltratam todos a volta,

Os bons são quem adoecem,

Pelos conflitos falecem

Isso me causa revolta. 

 

Chamo atenção e lamento,

Esclareço pra geral,

E são noventa por cento

Que tem doença mental,

Pois quem pensa em morrer

Quer acabar o sofrer

Que perturba sua mente,

As causas do suicídio,

Maus tratos sem subsídio,

Deixa a cabeça doente.

 

Nunca devemos julgar

A dor que o outro sente,

Você poder ajudar

Escute suavemente,

Quem pensa em tirar a vida

Tem a alma dolorida

E vive desamparado,

Buscando acolhimento

Todo adoecimento 

Deixa-o desesperado.

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.