MP prende ex-prefeito alagoano e tenta capturar mais dois em Maceió

19 jul 2017 - 13:38


Ex-gestores foram alvos do MP (Foto: Marcos Santos / USP Imagens)

Uma operação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) e que contou com o apoio das Polícias Militar e Civil, cumpriu um mandado de prisão contra o ex-prefeito de Girau do Ponciano Fábio Rangel Nunes de Oliveira. Além deste, o Gecoc também teve como alvo José Jacob Gomes Brandão e Márcia Coutinho Nogueira de Albuquerque, ex-gestores dos municípios de Mata Grande e Passo de Camaragibe, respectivamente.

Este dois últimos não foram localizados em suas residências, que também foram alvo de busca e apreensão. Na representação encaminhada à 17ª Vara Criminal da Capital, o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, e o Gecoc ainda solicitaram a indisponibilidade dos bens de todos os envolvidos.

A prisão contra Fábio Rangel Nunes de Oliveira foi feita na casa dele, em Arapiraca. O cumprimento do mandado foi acompanhado pelos promotores de Justiça Luiz Tenório e Kléber Valadares. Fábio não apresentou resistência e foi encaminhado à sede do Ministério Público, em Maceió, onde deverá ser interrogado.

Veja matéria completa no site do MP-AL

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.