Mesmo com retenções, 3º FPM de janeiro consegue ter sobra em Santana do Ipanema

30 jan 2017 - 06:01

É primeira vez que, neste ano, a gestão municipal consegue obter algum valor desse recurso da União, pode-se dizer que já é uma grande vitória.

Extrato aponta valores que chegaram e saíram dos cofres públicos (Foto: Reprodução BB)

Extrato aponta valores que chegaram e saíram dos cofres públicos (Foto: Reprodução BB)

A Prefeitura de Santana do Ipanema conseguiu, pela primeira vez desde o inicio do ano, ter acesso a alguma sobra do Fundo do Participação dos Municípios (FPM) neste mês de janeiro.

Acontece que nesta segunda-feira (30) foi creditada a terceira parcela do repasse e, mesmo com uma retenção de boa parte dos valores, o município sertanejo conseguiu terminar o mês com a “conta no azul”.

Pouco mais de R$ 1 milhão chegou nesta data (exatos R$ 1.019.506,24). Para a Saúde e Educação foram deduzidos mais de R$ 350 mil, e logo em seguida coube a Receita abocanhar quase R$ 240 mil (somados um parcelamento e retenção de dívida obrigatória, mais multa).

Calculado as receitas menos despesas sobraram nos cofres de Santana exatos R$ 423.304,09. Comparado ao que chegou não é muito, mas se levado em consideração que é primeira vez que, neste ano, a gestão municipal consegue obter algum valor desse recurso da União, pode-se dizer que já é uma grande vitória.

Comparação

Ainda segundo o demonstrativo do BB na internet, somente em janeiro deste ano o Poder Executivo Municipal recebeu R$ 2,3 milhões (R$ 2.318.081,26) de FPM, sendo que R$ 1,8 milhão (R$ 1.894.777,17) foi ao mesmo tempo debitado.

Se comparado os valores relação ao mesmo período de 2016 percebe-se que houve uma leva alta tanto nas receitas, quanto despesas. No ano passado chegaram aos cofres pouco mais de dois milhões de reais (R$ 2.167.002,11), enquanto foram debitados quase um milhão e meio (exatos R$ 1.496.261,75).

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários