Maceió: Defesa Civil registra acúmulo de 173 mm de chuvas em 48 horas Segundo a Defesa Civil, a maioria das ocorrências registradas foi relacionada a colapsos de edificações/desabamentos parciais.

Marcelle Limeira / Ascom Defesa Civil de Maceió

16 jun 2022 - 17:00


Defesa Civil de Maceió acompanha as condições climáticas e em alerta por conta das chuvas (Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió)

A Defesa Civil de Maceió segue em alerta por conta do período chuvoso na capital alagoana. Nas últimas 48 horas, os pluviômetros registraram um acúmulo de 173 mm de chuvas e desde a madrugada de quarta-feira (15), foram atendidas 50 ocorrências. A previsão para esta quinta-feira (16) é de tempo nublado com chuvas isoladas no período da manhã/tarde e pancadas de chuvas isoladas no período noturno.

De acordo com o coordenador-geral da Defesa Civil Municipal, Abelardo Nobre, a maioria das ocorrências registradas foi relacionada a colapsos de edificações/desabamentos parciais. O maceioense que precisar de ajuda pode acionar a Defesa Civil pelo 199 ou pelo 156. Para receber a mensagem de alerta, a população pode se cadastrar enviando o CEP por mensagem de texto para 40199.

“Mesmo com todo o volume de chuva que cai na cidade e com o número de ocorrências que temos registrado, nada grave aconteceu e não houve registros de óbitos”, informa Abelardo Nobre.

Ainda na quarta, o prefeito de Maceió, JHC, se reuniu com órgãos da administração municipal para tratar sobre a situação das chuvas. JHC reforçou o objetivo em continuar salvando vidas e protegendo as famílias que ainda estão residindo em áreas de risco.

Previne Maceió – O trabalho preventivo que iniciou em outubro do ano passado com o Previne Maceió preparou a cidade para o enfrentamento do período chuvoso. A Defesa Civil, em conjunto com as demais secretarias e órgãos municipais, tem atuado de forma intensa para salvaguardar a vida dos maceioenses.

Mais de 35.800m² de lonas foram aplicados em 209 diferentes pontos, em áreas de risco de vários bairros como Fernão Velho, Chã da Jaqueira, Jacintinho, Reginaldo, Benedito Bentes e Feitosa. “A população pode acionar a Defesa Civil solicitando a colocação de lona caso haja encosta próximo à residência, ligando para o número 199. Uma equipe da Diretoria de Planejamento, Prevenção e Redução de Risco [DPR] irá até o local”, acrescenta Abelardo Nobre.

O órgão continua atuando nos pontos de risco mapeados pelo Plano Municipal de Redução de Risco (PMRR), orientando a população e, quando necessário, retirando as famílias do local, encaminhando para o abrigo municipal que foi criado para atender as vítimas das chuvas.

Alertas – Com a continuidade das chuvas, o Centro Integrado de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil (CIMADEC) está em alerta para a possibilidade de transbordamento do Rio Mundaú, por consequência do acumulado de chuva. “É importante que a população que reside próximo ao rio fique atenta e, em caso de alagamento/inundação acione a Defesa Civil”, esclarece Caroline Lima, diretora do CIMADEC.

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.