Justiça condena acusado de matar filha e cunhado em Delmiro Gouveia

30 maio 2019 - 14:15

Júri popular foi realizado no Fórum da Comarca de Delmiro Gouveia (Foto: Caio Loureiro / Assessoria TJ-AL)

O réu Adronaldo Félix da Silva foi condenado a 40 anos e sete meses de reclusão por haver assassinado a própria filha, de três anos, e o cunhado, de oito. O julgamento ocorreu nessa terça-feira (28), na Comarca de Delmiro Gouveia.

Durante interrogatório, o réu se manteve em silêncio. Adronaldo da Silva foi condenado por duplo homicídio qualificado. A pena deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado.

Os crimes ocorreram em junho de 2011 e vitimaram Yasmim Vitória dos Santos Siqueira e Gabriel Matias Alves. De acordo com os autos, o réu utilizou uma faca peixeira para cortar o pescoço das crianças. Ainda segundo a denúncia, Adronaldo teria agido por ciúmes da esposa. O júri popular foi conduzido pela juíza Raquel David Torres de Oliveira.

Por Lucas França / Da Assessoria TJ-AL

Comentários