Inquérito do ex-secretário que matou mulher na BR 316 está perto da conclusão Apesar de perto do fim, delegado titular do caso não indica se vai manter o caso como homicídio culposo ou doloso.

10 ago 2021 - 19:06

Ex-secretário de Saúde de Santana, Ricardo Rosa (Foto: Reprodução / Instagram SMS)

A Polícia Civil pode concluir esta semana o inquérito que investiga o ex-secretário municipal de saúde de Santana do Ipanema, o enfermeiro Ricardo Medeiros Rosa, de 42 anos, que matou atropelada a servidora pública Jenilda Bento da Silva, no dia 26 de julho, na rodovia BR 316, em Dois Riachos, no Médio Sertão de Alagoas.

Desde a semana passada, o site Alagoas na Net tenta fazer contato direto com o delegado distrital de Dois Riachos, Diêgo Nunes, porém, como não obtivemos êxito, a assessoria da PC-AL informou que nos próximos dias a autoridade policial deve terminar o inquérito, a fim de enviar à Justiça.

A reportagem questionou a assessoria sobre a tipificação que deverá ser encaminhado o inquérito, se mantendo como o flagrante, no caso homicídio culposo, ou se transformando em homicídio doloso (no caso, com dolo eventual). “Ele só poderá ter uma posição na conclusão do inquérito”, repassou o assessor.

Liberdade concedida

Apesar do pedido de manutenção da prisão, feito pelo Ministério Público, na semana passada a Justiça concedeu a liberdade a Ricardo Medeiros. O magistrado determinou que ex-titular da pasta de Saúde fosse solto mediante pagamento de fiança de 10 salários mínimos e que cumprisse medidas cautelares.

Também na decisão, o juiz pautou a audiência de custódia, que deve ocorrer nesta sexta-feira (13), das 8h à 12h. Também nesta semana, o mesmo magistrado avaliou um novo pedido do MP, onde queria uma revisão da decisão. Todavia, o juiz manteve seu entendimento, que deu a liberdade a Ricardo Medeiros Rosa.

O crime

O ex-secretário municipal de Saúde de Santana do Ipanema, foi preso no dia 26 de julho, pego por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 17h, cinco minutos após o recebimento de denúncia da PM sobre um acidente na rodovia BR 316.

Ricardo foi encontrado com um veículo Toyota Corola, de cor preta com a parte dianteira bastante danificada. Durante a abordagem o condutor reconheceu ter ingerido bebida alcoólica e após passar pelo teste de alcoolemia o resultado deu 0,94 mg/l. RELEMBRE A REPORTAGEM

Outra colisão

Um dia depois do acidente, um vídeo divulgado pelo site Agenda Alagoas mostrou que o secretário de saúde bateu em outro veículo, que estava estacionado numa rua de Palmeira dos Índios, município do Agreste de Alagoas. No vídeo, dá para perceber a aproximação do Corola e a colisão em outro carro preto.

A proprietária do carro atingido confirmou ter prestado queixa do caso na Polícia Civil. No momento da lavratura do caso, como ainda não tinha certeza do autor, ela informou apenas as características do carro que atingiu seu bem.

A partir da repercussão do vídeo, a dona do veículo relatou ao site Alagoas na Net que foi procurada pela defesa do secretário e eles garantiram que iriam arcar com o prejuízo. RELEMBRE AQUI A REPORTAGEM.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.