Hospital Regional de Santana divulga medidas de combate ao Covid-19

25 mar 2020 - 10:32

Hospital Regional de Santana do Ipanema (Foto: Assessoria / HRSI)

O Brasil e o mundo estão unidos no combate ao coronavírus e no Hospital Regional de Santana do Ipanema, gerido pelo InSaúde – Instituto de Gestão em Saúde, a situação não é diferente a unidade adotou algumas medidas, para combater o vírus.

Entre as principais medidas realizadas pela instituição se destacam a implantação de um Comitê de Gerenciamento de Crise, para montar e analisar as estratégias de enfrentamento na instituição, a elaboração do Protocolo de Atendimento de Pacientes Suspeitos de Coronavírus, capacitação dos colaboradores que irão atuar diretamente com esses pacientes e a disponibilidade de um isolamento exclusivo com banheiro, para pacientes com suspeita de Covid-19.

Também houve a substituição temporária das longarinas de três lugares, por cadeiras, que estão com distanciamento de um metro quadrado, para os pacientes da sala de espera da Emergência além da instalação de pias, com suporte de álcool em gel e sabão, em locais onde a circulação de pacientes é maior.

Mesmo com essas medidas o hospital, dobrou a compra de álcool em gel, e o número de EPIs – Equipamento de Proteção Individual (mascaras, toucas, capotes etc.), pensando na proteção de seu colaboradores.

Seguindo as orientações da Organização Mundial de Saúde, para evitar aglomerações, também foram suspensos temporariamente alguns serviços de origem eletiva, visitas a pacientes internos, redução do número de acompanhantes na emergência, criação de e-mail, para consultar informações sobre pacientes e a liberação de parte dos colaboradores administrativos, para trabalharem em suas casas (home-office).

Entretanto é importante destacar que em caso de sintomas da covid-19, devem ser seguidas as orientações do Ministérios da Saúde: em caso de coriza e mal estar, ficar em casa, em caso de tosse e febre, procurar a Unidade Básica de Saúde – UBS e caso haja uma piora, seguida de dificuldade de respirar, procurar o Hospital. 

Por Assessoria / HRS

Comentários