Hospital de Santana emite nota após notícia sobre suspensão de partos

01 mar 2019 - 13:08

Unidade do Sertão respondeu através de nota a matéria de site (Foto: Assessoria / HRCRM)

O Hospital Regional Clodolfo Rodrigues de Melo, situado em Santana do Ipanema e gerido pelo Instituto Nacional de Pesquisa e Saúde (InSaúde), emitiu uma nota de esclarecimento nesta sexta-feira (1) após a veiculação de uma reportagem sobre a unidade.

A matéria da qual a nota se refere foi publicada pelo site Repórter Nordeste e diz que o hospital suspendeu as cirurgias cesarianas por falta de material e água. Ela também indica que as grávidas são levadas por conta própria para Palmeira dos Índios, pois a unidade não teria uma ambulância para o serviço.

Através das redes sociais, o Insaúde contestou o divulgado e disse que a matéria  “não encontra fundamentos técnicos e resulta na ausência de conhecimento, responsabilidade e respeito a população”.

A entidade gestora diz também que as atividades estão sendo desenvolvidas de forma habitual sem que tenha ocorrido a suspensão das cirurgias cesarianas e falta de água. E para corroborar a nota mostra números das cirurgias em janeiro e fevereiro deste ano.

“Durante janeiro deste ano foram realizadas 195 partos cesáreos e 221 partos normais. Já fevereiro, até ontem, dia 27 foram realizados 174 partos cesáreos e 180 partos normais. Hoje, dia 28, até às 19 horas foram realizados 9 partos cesáreos, 9 partos normais, 1 paciente encontra-se em sala e 2 aguardando procedimento. Cenário que demonstra claramente a rotina do setor de obstetrícia deste hospital”, disse.

Veja abaixo a nota completa do Hospital Regional.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O InSaúde – Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão – Pessoa Jurídica de direito privado, reconhecida como organização social na área da saúde, e vinculado a celebração de contrato de gestão em parceria com a Prefeitura Municipal de Santana do Ipanema-AL para a gestão, organização e execução das ações e serviços de saúde no Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Mello, tomou conhecimento de notícia veiculada na imprensa da cidade de Santana do Ipanema – AL, sobre o fato de suspensão as cesarianas devido a falta de material e água.

Dessa forma, o InSaúde vem através desta nota esclarecer a matéria veiculada, com o único e claro objetivo de reportar a verdade dos fatos à população da cidade de Santana do Ipanema – AL, a qual a Organização Social atende com qualidade, respeito e atenção diariamente, desde setembro de 2017, no Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Mello, e que estes munícipes reconhecem os bons serviços prestados.

Considerando a matéria veiculada pelo site reporternordeste.com.br que diz  o Hospital de Santana do Ipanema suspendeu cesarianas por falta de água e material, a mesma não encontra fundamentos técnicos e resulta na ausência de conhecimento, responsabilidade e respeito a população.

O Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Melo vem esclarecer a população de Santana do Ipanema e demais municípios integrantes da 9ª e da 10ª Microrregional de Saúde do Estado de Alagoas a respeito dessa notícia sem fundamentação e inverídica, de que as atividades estão sendo desenvolvidas de forma habitual sem que tenha ocorrido a suspensão das cirurgias cesarianas e falta de água.

Durante o mês de janeiro deste ano foram realizadas 195 partos cesáreos e 221 partos normais, em fevereiro até ontem dia 27 foram realizados 174 partos cesáreos e 180 partos normais e hoje dia 28 até às 19 horas foram realizados 9 partos cesáreos, 9 partos normais, 1 paciente encontra-se em sala e 2 aguardando procedimento. Cenário que demonstra claramente a rotina do setor de obstetrícia deste hospital.

O HRCRM reitera o seu compromisso com a sociedade santanense e região de prestar assistência segura e de qualidade.

Por fim, mais uma vez, o Insaude ratifica seu compromisso comum a gestão ética, correta e pautada na verdade.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários