HGE atende 15 pessoas vítimas de acidentes de trabalho durante o fim de semana

26 jul 2021 - 18:00

José dos Santos sofreu um acidente de trabalho no sábado (24) e lesionou a visão, sendo atendido no HGE (Foto: Neide Brandão / Agência Alagoas)

Um acidente no trabalho trouxe José dos Santos, de 37 anos, para o Hospital Geral do Estado (HGE) no sábado (24). Ele, que trabalha com solda, descuidou e ligou o equipamento sem a proteção e se feriu. No último final de semana, 15 pessoas passaram pela maior emergência hospitalar em decorrência de acidentes no ambiente profissional ou a caminho dele.

Como José, outras quatro envolveram lesões oculares. A unidade hospitalar ainda recebeu um paciente que sofreu queda de altura, duas vítimas de queimaduras, duas de luxações e entorses e cinco que tiveram apenas pequenas escoriações.

“Eu precisei atender uma ligação urgente do chefe e, nesses casos, geralmente nem tiro a proteção, escuto no viva voz. Mas, desta vez, tirei e, na pressa, nem percebi. A exposição foi rápida mas, ocasionou a lesão”, contou o soldador.

As lesões oculares, devem ser tratadas como emergências, entretanto, após o atendimento emergencial, o paciente deve ser acompanhado por um oftalmologista, explicou o médico Paulo Teixeira, também gerente do HGE.

“Em caso de lesão nos olhos, a emergência deve ser procurada para os cuidados iniciais e orientações. Dependendo do tipo da lesão, o médico pode realizar alguns procedimentos, que inclui uma limpeza específica. Em situações mais graves, pode necessitar até de uma cirurgia, mas, felizmente, não foi o caso de José dos Santos”, informou Paulo Teixeira.

Balanço 

No fim de semana, o HGE totalizou 932 atendimentos, incluindo os 189 da Central de Triagem para Covid-19. Dos acolhimentos, 696 foram casos clínicos, 209 acidentes, 18 agressões, cinco queimaduras e quatro tentativas de suicídio. O hospital garantiu 572 altas, 168 internações, 95 transferências e 67 cirurgias.

Na Central de Triagem para Covid-19, dos 189 atendidos, 36 se submeteram ao teste rápido do novo coronavírus e dois apresentaram o diagnóstico positivo. O hospital encontra-se com uma taxa de ocupação de 70% dos leitos na UTI Covid-19, 100% dos Intermediários e 33% dos Clínicos.

Por Neide Brandão / Agência Alagoas

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.