Governo inaugura nesta sexta-feira a 33ª base do Samu

12 abr 2013 - 08:15


Foto: Ascom / SAMU

Foto: Ascom / SAMU

O governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), inaugura nesta sexta-feira (12), a partir das 10h, a 33ª Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Alagoas. A unidade irá funcionar no município de Traipú, distante 188 km da capital alagoana, e irá contar com uma ambulância do tipo Unidade de Suporte Básico (USB).

A Base Descentralizada também irá contar com todos os equipamentos necessários para o atendimento dos pacientes, além de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para a segurança das equipes de profissionais. A unidade também terá uma equipe de plantão por 24h, composta por dois técnicos de enfermagem e um condutor socorrista.

Todos os socorristas que irão atuar na unidade do Samu de Traipu, a partir desta sexta-feira (12), participaram do Curso de Atendimento Pré-Hospitalar, ministrado por instrutores do Núcleo de Educação Permanente (NEP) da Sesau e do Samu Maceió. O curso garantiu aos profissionais o conhecimento específico nas áreas de urgências e emergências, habilitando-os para realizar um atendimento adequado à população.

“Com a Base inaugurada, o governo do Estado está garantindo aos alagoanos que, a cada 30 km do território, tenha disponível uma Base do Samu. Com isso, garantimos à população o atendimento nas urgências e emergências”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Jorge Villas Bôas, informando que a nova unidade do Samu faz parte da Macrorregião do município de Arapiraca, o que significa que, todas as ligações da região serão interceptadas pela Central de Arapiraca, que fará a regulação do atendimento.

Infraestrutura – Segundo a diretora de Atenção Pré-Hospitalar, Maria Aparecida Auto, o governo do Estado é responsável pela manutenção de todas as ambulâncias do Samu, disponibilizando o combustível, troca de peças e de óleo, higienização, além de abastecer com toda a medicação necessária. Também é responsável pelo treinamento – através do Núcleo de Educação Permanente (NEP) –, além da entrega de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) a todos os socorristas.

Cabe ao município disponibilizar os servidores e realizar o pagamento de salário da equipe técnica, que é formada por enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas. Também é de responsabilidade do município realizar a manutenção da Base, ou seja, pagamento de energia e água, entre outras despesas.

Bases do Samu – Os municípios que são regulados pela Central do Samu de Maceió são: União dos Palmares, Viçosa, São Miguel dos Campos, Porto Calvo, Coruripe, Joaquim Gomes, São Luiz do Quitunde, Maragogi, Teotônio Vilela, Rio Largo, Murici, Marechal Deodoro, Barra de Santo Antônio, Colônia de Leopoldina e São Miguel dos Milagres.

Já as Bases pertencentes à Central de Arapiraca são Penedo, Ouro Branco, Delmiro Gouveia, Pão de Açúcar, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios, Cacimbinhas, Maribondo, Porto Real do Colégio, Campo Alegre, Mata Grande, Girau do Ponciano, São Sebastião, São José da Tapera, Inhapi, Piranhas e Olho D´Água do Casado.

Por Ascom / SAMU

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.