Governo do Alagoas entrega sementes no Sertão

29 abr 2013 - 20:48

Agricultores de Delmiro Gouveia e São José da Tapera receberam, nesta segunda-feira, sementes de feijão, milho, arroz, algodão, mamona e sorgo

SertãoCom a chegada das chuvas em todo o Estado e, sobretudo no Sertão, o governador Teotonio Vilela Filho determinou, nesta segunda-feira (29), o início da distribuição de sementes aos agricultores sertanejos em Delmiro Gouveia e São José da Tapera.

Ao todo, o Governo do Estado vai entregar 850 toneladas de sementes para cerca de 70 mil agricultores em todos os 102 municípios de Alagoas, numa ação do Programa de Sementes, coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), dentro do projeto Alagoas Tem Pressa. Foram distribuídas sementes de feijão, milho, arroz, algodão, mamona e sorgo. Além dos agricultores familiares, o Programa de Sementes atende às demandas de movimentos sociais, assentados da reforma agrária, comunidades quilombolas e indígenas.

O governador tem acompanhado com atenção as previsões meteorológicas para o Estado. “A média de chuva nos últimos dez dias até 24 de abril, foram de 42,55 mm no Sertão e de 54,85 mm no Agreste. Mesmo estando abaixo da média histórica para o mês de abril, que é de 86,6 mm para o Sertão, e de 116,5 mm para o Agreste, é preciso aproveitar essa pausa na estiagem e aproveitar para voltar a plantar. Assim, pretendemos garantir apoio para a safra de 2013 e para a produção de alimentos a geração de renda para os agricultores, sobretudo os pequenos que são os mais castigados pela seca. Com essas sementes e as chuvas, o sertanejo pode volta a plantar e a ter esperança”, disse Teotonio.

Na solenidade em São José da Tapera, o gerente regional da Emater, Miguel Antonio, representou o Governo do Estado. “Estamos aqui comemorando a chegada da chuva trazendo ações do Governo para esse município, apesar do inverno chegar abaixo da média, já estamos trazendo as sementes para mostrar que o Governo está empenhado para resolver a difícil situação pela qual passa o sertanejo”, garantiu.

O prefeito do Município, Jarbas Ricardo, agradeceu o apoio que o Governo tem dado aos municípios mais atingidos pela seca. “O governador tem o crédito de São José da Tapera, é muito importante receber essas ações e agradecemos pelas sementes que estão chegando. Nunca se passou um período tão difícil quanto o que estamos passando agora, difícil para o Governo Federal, para o Governo Estadual e, principalmente, para as prefeituras. Reconhecemos a intenção do Governo em nos ajudar. Hoje, o Sertão vive outro momento, com chuva, com verde e as pessoas voltam a ter esperança”, comemorou.

Limpeza de barreiros

O superintendente de agricultura familiar da Seagri, Luciano Barros, também anunciou a presença do Governo no município para fazer limpeza de barreiros. “Na próxima sexta-feira, deverá ser concluído o processo de licitação para a limpeza de barreiros. Nos próximos 30 dias devem ser iniciadas as limpezas. Queremos com isso dizer que o Governo está atento à chegada das chuvas e já chegamos com as sementes”, afirmou. De acordo com Barros, onde não for possível fazer a limpeza, devido às chuvas, podem ser construídas pequenas barragens. Segundo informações da Seagri, desde o ano passado, o Governo já promoveu a limpeza de barreiros e açudes em 31 municípios do Agreste e do Sertão com decreto de situação de emergência por conta da seca. Para esta ação, foram investidos cerca de R$ 1,5 milhões com recursos do próprio Governo do Estado.

Mais 37 municípios também passarão por limpezas de barreiros: Mata Grande, Delmiro Gouveia, Canapi, São José da Tapera, Água Branca, Pariconha, Olho D’Água do Casado, Piranhas, Inhapi, Palestina, Pão de Açúcar, Senador Rui Palmeira, Carneiros, Santana do Ipanema, Jacaré dos Homens, Belo Monte, Ouro Branco, Olho D’Água das Flores, Batalha, Poço das Trincheiras, Maravilha, Monteiropolis, Olivença, Dois Riachos, Cacimbinhas, Quebrangulo, Arapiraca, Minador do Negrão, Igaci, Craibas, Estrela de Alagoas, Jaramataia, Traipu, Palmeira dos Índios, Coité do Noia, Major Isidoro e Girau do Ponciano. Para esta ação, o Governo investe mais R$ 1 milhão do Fundo de Combate e Erradicação da pobreza (Fecoep).

Participaram ainda do evento o presidente da Cooperativa dos Produtores de Leite de Alagoas, Aldemar Monteiro; vereadores da região, produtores, agricultores e dirigentes de sindicatos de produtores.

Agência Alagoas

Comentários