Governo de Alagoas reconhece situação de emergência em 42 municípios Medida vale para os próximos 180 dias.

Ascom / AMA

23 jan 2022 - 14:13


Foto: Adaílson Calheiros / Agência Alagoas

Com o início do verão e o longo período de estiagem, o Governo de Alagoas decretou situação de emergência em 42 municípios do seminário alagoano, por conta da seca que assola as cidades.

A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) segue acompanhando junto às cidades a atualização dos dados enviados para os órgãos competentes a fim de manter em plena realização a Operação Pipa, executado pelo Exército Brasileiro.

As regiões afetadas pela estiagem estão em situação de emergência por 180 dias. O governo informou que, junto a órgãos municipais, vai adotar medidas para restabelecer a normalidade na região do semiárido.

O decreto ainda estima os danos e os prejuízos econômicos causados pelo período para a população dos municípios afetados, que sofrem com a falta de chuvas e com o abastecimento irregular de água.

Confira abaixo a lista dos municípios em situação de emergência:

– Água Branca
– Arapiraca
– Batalha
– Belém
– Belo Monte
– Cacimbinhas
– Canapi
– Carneiros
– Coité do Nóia
– Craíbas
– Delmiro Gouveia
– Dois Riachos
– Estrela de Alagoas
– Girau do Ponciano
– Igaci
– Inhapi
– Jacaré dos Homens
– Jaramataia
– Lagoa da Canoa
– Major Izidoro
– Maravilha
– Mata Grande
– Minador do Negrão
– Monteirópolis
– Olho d’Água das Flores
– Olho d’Água do Casado
– Olho d’Água Grande
– Olivença
– Ouro Branco
– Palestina
– Palmeira dos Índios
– Pão de Açúcar
– Pariconha
– Paulo Jacinto
– Piranhas
– Poço das Trincheiras
– Quebrangulo
– Santana do Ipanema
– São José da Tapera
– Senador Rui Palmeira
– Tanque d’Arca
– Traipu

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.