Governo de Alagoas anuncia ações para minimizar efeitos da seca; saiba quais são

05 dez 2016 - 11:03

O secretário de Agricultura afirma que o Governo já fez o repasse de R$ 5,4 milhões para o pagamento aos produtores, que fazem parte do Programa do Leite.

Governo garantiu a volta dos caminhões pipa (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net / Arquivo)

Governo garantiu a volta dos caminhões pipa (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net / Arquivo)

O Governo de Alagoas anunciou que vai distribuir 10 mil toneladas de bagaço de cana, kits de irrigação, e a retomada de distribuição de água por carros pipas. As ações devem acontecer por intermédio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) em parceria com a Defesa Civil Estadual.

O objetivo é minimizar o sofrimento dos pequenos, médios e grandes produtores rurais, causado pela estiagem que já se arrasta por mais de cinco anos,

O bagaço de cana, como explica Hiberbon Cavalcante, superintendente da Seagri, é uma fonte de fibra e complementada com palma forrageira passa ser um produto energético na manutenção alimentar dos animais.

O secretário de Agricultura, Álvaro Vasconcelos, destaca ainda que o Governo de Alagoas também já fez o repasse de R$ 5,4 milhões para o pagamento aos produtores, que fazem parte do Programa do Leite no Estado.

“Em contato com a Defesa Civil de Alagoas, já solicitamos ao órgão a retomada da distribuição de água para o consumo humano e animal através da operação carros pipas nas regiões mais afetadas pela seca”, assegura Álvaro Vasconcelos. Segundo ele, a distribuição tem início esta semana.

Renegociação de dívidas

Outra medida que será adotada pelo Governo de Alagoas, por meio da Seagri, é a renegociação das dívidas dos produtores rurais junto às instituições financeiras, como Banco do Brasil e Banco do Nordeste.

As ações do Governo de Alagoas vão contemplar os 40 municípios que estão incluídas no decreto de emergência, em razão da seca dos últimos anos, nas regiões do Estado.

Da Agência Alagoas com Edição da Redação

Comentários