Governador sanciona lei que torna Vaquejada patrimônio cultural de Alagoas

22 dez 2016 - 10:14

Vaquejada agora é patrimônio cultural em Alagoas (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

Vaquejada agora é patrimônio cultural em Alagoas (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

O governador Renan Filho (PMDB) sancionou a lei que torna a vaquejada um patrimônio cultural de Alagoas. A informação foi publicada nesta quinta-feira (22) no Diário Oficial do Estado (DOE). A lei foi aprovada no dia 23 de novembro através da Assembleia Legislativa do Estado Alagoas (ALE).

De nº 7.851 a lei reconhece o rodeio, a vaquejada e o laço como expressões artístico-culturais, atividades tidas como intrinsecamente ligadas à vida, identidade, ação e memória de grupos formadores da sociedade alagoana.

A norma define como modalidades esportivas o adestramento, atrelagem, concurso completo de equitação, enduro, hipismo rural, salto, volteio, provas de laço, provas de velocidade, corrida, entre outras.

Apesar de aprovada, para serem legais são necessários regulamentos específicos aprovados por suas respectivas associações e entidades legais, reconhecidas junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Essas regulamentações devem priorizar o bem-estar animal e aplicar sanções em virtude de seu descumprimento conforme os ditames legais.

Além disso, em relação à vaquejada, deve-se assegurar aos animais ausência de fome e sede, com alimentação à disposição e suficiente; ausência de ferimentos e doenças, mantendo instalações e utilizando medicamentos; como também, protetor de cauda em todos os bovinos.

Da Redação com Gazetaweb

Comentários