Futebol, uma paixão brasileira no Japão Podcast Japão Sem Escalas conversa com César Sampaio, consagrado jogador e atual auxiliar técnico da Seleção Brasileira de Futebol.

Assessoria / Japão Sem Escalas

06 mar 2022 - 06:00


Na próxima segunda-feira, dia 7 de Março, o podcast Japão sem Escalas lança episódio especial sobre um assunto que é paixão nacional e também um dos vínculos mais fortes da conexão entre Brasil e Japão: o futebol.  O esporte aproxima os dois países há muito tempo. E, se o Japão é o padrinho do judô brasileiro, pode-se dizer o mesmo do Brasil para o futebol japonês.

O apoio de nomes como Zico, César Sampaio, Alcindo, Jorge Ramos, Leonardo e tantos outros, foi de grande importância para a popularidade da J.League – Liga Japonesa de Futebol Profissional ou Meiji Yasuda J.League, que é o maior campeonato profissional de futebol do Japão. O torneio teve a sua primeira temporada oficial realizada em 1993 e os resultados da época proporcionaram grande projeção ao campeonato, consagrando-o como um dos  mais importantes da Ásia. 

Para falar sobre o tema, o Japão Sem Escalas convidou o multicampeão César Sampaio que viveu por mais de seis anos no país. Conhecido por seus gols decisivos, jogou pela seleção brasileira, em times internacionais e também nos quatro grandes times paulistas. Foi jogando no Palmeiras que tornou-se ídolo eterno, especialmente com a conquista da Copa Libertadores da América em 1999. Atualmente, faz parte da comissão técnica da Seleção Brasileira de Futebol.

Durante o episódio, a apresentadora Tatiana Aoki conversa com César Sampaio sobre sua trajetória como atleta, suas temporadas no Japão e sobre os aspectos da cultura japonesa que mais o marcaram. O convidado considera o Japão como sua segunda pátria, relembra com carinho sobre sua mudança para o país em 1995 e compartilha curiosidades de sua experiência em solo nipônico.

Entre passagens divertidas e relatos dos desafios na ambientação ao país, César Sampaio fala sobre como as diferenças culturais e dificuldades de adaptação se fizeram sentir em vários aspectos de seu cotidiano. Profissionalmente, havia o risco de não participar mais da seleção brasileira (pela diferença de calendário de competições e exposição midiática, por exemplo) e desempenho frustrante na primeira temporada no Yokohama Flugels – ao ficar entre os últimos colocados do campeonato. Já na vida pessoal, fala sobre a influência do país na formação de suas filhas que frequentaram a pré-escola (Youtien) e até hoje têm uma ligação afetiva com o Japão. 

César Sampaio também comenta sobre a estrutura empresarial e ética profissional que encontrou no futebol japonês. Menciona algumas das diferenças culturais que o marcaram, como por exemplo, na conduta dos jogadores. Um caso interessante diz respeito à relação ao dinamismo do jogo e resultados imprevistos. Situação bastante natural para brasileiros, acostumados a inconstâncias, e muito desafiadora para os japoneses, que vivem de forma mais estruturada, bem organizada. 

O podcast Japão sem Escalas é uma produção da Aoki Media com apoio institucional do Consulado Geral do Japão em São Paulo e está disponível nas principais plataformas de streaming (Spotify, Google, Apple e Deezer e Youtube). 

Sobre o convidado, Sr. César Sampaio

Carlos César Sampaio Campos, natural de São Paulo, capital. Iniciou sua carreira profissional como jogador do Santos Futebol Clube, em 1987 e atuou nos quatro grandes clubes da capital paulista (Santos Futebol Clube, Sociedade Esportiva Palmeiras, São Paulo Futebol Clube e Sport Club Corinthians). Jogou também na Espanha (pelo Deportivo La Coruña) e no Japão (atuando no Sanfrecce Hiroshima e  no Yokohama Flugels), tendo servido à seleção brasileira como jogador por cerca de 10 anos. Sua vitoriosa trajetória como atleta rendeu-lhe mais de vinte títulos nacionais e internacionais. No início dos anos 2000, iniciou sua transição de carreira tendo atuado como comentarista, técnico de futebol e gestor esportivo e, atualmente, é Auxiliar Técnico da Seleção Brasileira de Futebol desde Outubro de 2019. 

Mais sobre a quarta temporada

A quarta temporada foi iniciada em Agosto, e conta com oito episódios reunindo entrevistas, depoimentos, discussões aprofundadas e conectadas com a atualidade. A programação inclui temas relacionados às influências da cultura e filosofia japonesas no Brasil, além de elementos de intercâmbio cultural entre os países. Os episódios têm sempre um convidado especial, que abordam diferentes temas como: a agricultura nikkei, a metodologia de melhoria contínua Kaizen, esportes, saquê, o ensino do japonês no Brasil,  música entre outros. 

O quadro “Nihongo Shiranai”, presente em todos os episódios, segue ensinando palavras e expressões na língua oficial do Japão e é apresentado pela professora Sarah Fuidio, do canal “Fale em Japonês”. Os ouvintes podem acompanhar lições de japonês úteis para o dia a dia durante o programa, e a grafia poderá ser conferida nas redes sociais: Instagram (@japaosemescalas), Facebook (Japão sem Escalas) e Twitter (@japaosemescalas). 

Sobre o Japão sem Escalas

O Japão sem Escalas é apresentado por Tatiana Aoki, nikkei, jornalista, ex-bolsista JICA e CEO da Aoki Media. O podcast é direcionado para todas as pessoas que têm interesse em conhecer mais sobre o Japão, a sua cultura em geral, e que sonham em viajar ou estudar no país. 

A produção é uma realização da Aoki Media e tem apoio institucional do Consulado Geral do Japão em São Paulo. Lançado em junho de 2020, está em sua quarta temporada. Os episódios contam sempre com convidados especiais, que têm conexão com o Japão e com a comunidade nikkei no Brasil como os chefs Telma Shiraishi e Tsuyoshi Murakami, a atriz Danni Suzuki, o cartunista Mauricio de Sousa, e o presidente da Kenren, Toshio Ichikawa. 

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.