Polícia abre inquérito para apurar falsificação na Câmara de Santana

09 abr 2018 - 07:29

Delegado regional deve ouvir vereadores (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

A Polícia Civil de Alagoas abriu inquérito para apurar denuncia de falsificação de documentos dentro da Câmara de Vereadores de Santana do Ipanema. O episódio ocorre após polêmica envolvendo o aumento da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), implementada em fevereiro deste ano.

O delegado João Marcelo, responsável pela 2ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) afirmou ao site Alagoas na Net que já foram intimados os parlamentares e que nesta semana devem ocorrer os depoimentos. A autoridade policial também confirmou que inquérito foi um pedido do Ministério Público Estadual.

Entenda

Após descobrirem uma possível fraude no Projeto de Lei que alterou o código tributário do município, um grupo formado por quatro vereadores levaram as informações até a Promotoria da cidade. Eles informaram que um documento diferente foi incluído sem que eles soubessem.

O documento em questão era justamente uma tabela de alíquotas da cobrança da CIP. Antes desse projeto passar, a contribuição era cobrada com base numa lei municipal, criada ainda na gestão da ex-prefeita Renilde Bulhões.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários