Ex-prefeito de Olho d’Água das Flores é alvo de operação do MP-AL Em resposta a operação, Nen disse que já foi ouvido nesse processo e apresentou os esclarecimentos solicitados.

08 out 2021 - 07:15

Membros do MP-AL cumpriram mandados de busca e apreensão na residência do ex-prefeito (Foto: Assessoria / MP-AL)

O ex-prefeito de Olho d’Água das Flores, Carlos André dos Anjos, conhecido por “Nen”, é um dos alvos principais de uma operação realizada na manhã desta sexta-feira (8) pelo Ministério Público de Alagoas. Em contato com a reportagem, ele comentou o episódio*.

Segundo nota da Assessoria de Imprensa do MP-AL, a ação cumpriu alguns mandados de busca e apreensão, sendo um deles na residência do ex-gestor sertanejo.

O MP-AL diz que uma investigação apontou irregularidades quando Nen esteve comandando o Consórcio Integrado de Gestão de Resíduos Sólidos (CIGRES), que foi responsável pela administração de um aterro sanitário no Sertão.

“A ação ocorre com o objetivo de desarticular uma suposta organização criminosa que teria atuado nas licitações e execuções contratuais no âmbito do CIGRES, causando dano ao erário de Olho d’Água e outros municípios consorciados de cerca de R$ 6 milhões e o enriquecimento ilícito de um ex-prefeito”, diz a nota do MP-AL.

Ainda segundo o órgão ministerial, “a operação quer colher novas provas e desarticular por completo o esquema fraudulento que foi praticado no aterro sanitário de Olho d’Água das Flores – que também recebe os resíduos sólidos de mais 17 cidades sertanejas, durante a gestão do então prefeito Carlos André Paes Barretos dos Anjos”.

Seis mandados expedidos

Na operação foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital, dois em Olho d’Água das Flores, sendo um deles na residência do ex-prefeito, e outros quatro nos bairros da Ponta Verde e Benedito Bentes, em Maceió.

Foram apreendidos alguns bens visando um futuro ressarcimento ao erário e material para fins do complemento da investigação.

Apuração continua

As investigações, de acordo com o Ministério Público, seguirão para a análise das provas recolhidas e para a busca de novos suspeitos e informações.

Respostas

O site Alagoas na Net enviou mensagens para o ex-prefeito de Olho d’Água das Flores, através de um dos perfis de suas redes sociais, a fim de respostas sobre a ação do MP-AL.

Perto das 9h, Nem respondeu informando que seus “advogados ainda não tiveram acesso ao que originou esse fato, mas isso é normal aqui e alhures”.

O ex-prefeito ainda enfatizou que já foi ouvido nesse processo e apresentou os esclarecimentos solicitados. “Assim que tiver ciência estou a disposição”, completou ele.

Da Redação com Assessoria MP-AL

*Atualização: Matéria foi atualizada às 8h57, para inclusão de conteúdo, após respostas do ex-prefeito Carlos André dos Anjos.

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.