Escolas estaduais se preparam para Olimpíada Brasileira de Robótica 2018

26 mar 2018 - 20:15

Foto: Assessoria / OBR

Escolas de todo o Brasil têm até 18 de maio para confirmar sua participação na edição 2018 da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). Esta semana, a Seduc já inicia os preparativos na rede estadual, com uma formação para as Gerências Regionais de Educação (Geres) nesta terça-feira (27), a partir das 8h, no Centro de Formação Ib Gatto Falcão (Cenfor), no Cepa.

“Teremos o primeiro encontro do ano, onde apresentaremos o cronograma das atividades do Programa de Robótica para 2018. Além da OBR, participaremos de eventos como o Matfest, evento desenvolvido pelo Instituto de Matemática da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), o SBPC Jovem, promovido pela Sociedade Brasileira em Prol das Ciências, em julho, onde teremos um estande, e a Mostra de Robótica do Encontro Estudantil, que, este ano, terá muitas novidades”, explica professor Ronaldo Cristiano, coordenador do projeto de robótica na rede estadual.

Inscrições

As inscrições para a OBR são efetuadas pelo link http://www.obr.org.br/inscricoes/ e o cadastro é único, cabendo ao professor/tutor inscrever do aluno. Podem participar da OBR, como competidores, estudantes do Ensino Fundamental e estudantes do Ensino Médio, Técnico (ou equivalente), com idade máxima de 19 anos, e como professores/tutores, profissionais com idade igual ou superior a 18 anos vinculados a uma instituição de ensino, ONG ou empresa com fins educacionais, salvo no caso de Equipe de Garagem, na qual a equipe não está vinculada à instituição de ensino.

A OBR dispõe de modalidades Prática e Teórica independentes e os professores/tutores podem inscrever cada estudante em uma ou nas duas modalidades.

Robótica na rede estadual

Contemplando atualmente 95 escolas, o Programa de Robótica da Rede Pública Estadual, implementado pela atual gestão, tem trazido importantes resultados, além do grande incentivo à iniciação científica. E, este ano, ganhou reforço, onde cada unidade participante conta com estagiários na área, conforme declara o professor Ronaldo.

“A nossa pretensão é que o maior número possível de escolas da rede estadual participem da OBR. Estamos trabalhando protótipos para participar das atividades teóricas e práticas da Olimpíada”, confirma.

Por Manuela Nobre / Agência Alagoas

Comentários