Em Santana, vereador volta a ter indicações vencidas em plenário e protesta Em resposta a votação, Marciano mandou recado: "Não me venham chamar de amigo".

10 nov 2018 - 13:50

Vereador usou a tribuna após derrota na votação (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

Após tentar emplacar indicações e requerimentos pedindo informações sobre ações da Prefeitura, o vereador por Santana do Ipanema, Marciano dos Santos (PPS) esbarrou mais uma vez na discordância de seus colegas de parlamento e perdeu em votação no plenário.

Na sessão ordinária desta sexta-feira (9), Marciano apresentou dois requerimentos querendo detalhes sobre poços artesianos e fornecimento de caminhões pipas para as comunidades do município, bem como colocou indicações pedindo ampliação do serviço de limpeza de barragens, abastecimento de água e sinalização de ruas.

Tais colocações são rotineiras em qualquer Câmara Municipal e normalmente acabam passando nas votações sendo posteriormente enviadas ao Poder Executivo. Todavia, não foi o que aconteceu no dia de ontem, pois os pedidos foram vencidos por 6 votos a 4. O presidente não votou.

Se repetiu

Essa não foi a primeira vez que Marciano teve iniciativas barradas por vereadores. No início desse segundo semestre, precisamente na sessão de 8 de agosto, os mesmos parlamentares que hoje votaram contra, também o fizeram no plenário naquela ocasião.

O site Alagoas na Net noticiou o episódio, que aconteceu não só com Marciano, mas com outro vereador do bloco de oposição. O movimento naquele caso mostrava uma reação da bancada de situação, que decidiu se contrapor a qualquer medidas que era colocada pelos vereadores de oposição. RELEMBRE AQUI.

Oposição à Casa

Após perceber a derrota na votação, Marciano usou a tribuna da Casa e criticou os colegas que votaram contra os requerimentos, justificando que eles estariam contra os interesses da própria população. O primeiro alvo dele foi o vereador Júnior do Detran.

“Quero dizer que o discurso de Junior, vereador que defende o prefeito, o seu discurso foi mentiroso, já que o senhor vem dizer aqui quem tem vários poços artesianos funcionando, mas vota contra meu requerimento que pede mais informações sobre eles”, disparou Marciano.

“Querem fazer propaganda, mas escondem as informações”, completou o vereador do PPS, que logo em seguida foi aparteado pelo edil Jacson Chagas (PSol). “Eu disse nessa casa que não colocava mais uma indicação e requerimento, pois sabia que elas iriam ser negadas. Sugiro ao senhor que me acompanhe e não coloque mais”, falou o psolista.

Marciano respondeu dizendo que vai continuar colocando as indicações e requerimentos pois é a forma que tem de prestar satisfação com a comunidade. Ele também aproveitou o discurso e mandou uma mensagem aos que se opuseram aos seus pedidos.

“Quero dar um recado a vocês da situação. Não venha sexta-feira fazer reunião e convocar esse vereador para dizer que somos amigos. A partir de hoje eu sou oposição dessa casa. Sou oposição de cada um dos vereadores de situação”, declarou Marciano dos Santos.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.