Em Dois Riachos, pesquisa eleitoral aponta reeleição do prefeito Ramon Camilo Levantamento foi feito nos dias 30 e 31 de julho, pelo Instituto Falpe.

07 ago 2020 - 08:30

Prefeito de Dois Riachos, Ramon Camilo (Foto: Lucas Malta / Alagoas na Net)

Pesquisa eleitoral realizada nos dias 30 e 31 de julho, pelo Instituto Falpe, em Dois Riachos, município situado no Médio Sertão de Alagoas, aponta que se a eleição fosse hoje, o atual prefeito Ramon Camillo conseguiria se reeleger com boa vantagem.

O levantamento ouviu 600 pessoas na zona urbana e rural da cidade, tendo a margem de erro de 3,87% pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. O sistema de coleta foi entrevista domiciliar e a pesquisa foi registrada no TSE sob o número AL – 06780/2020. 

De acordo com os dados obtidos, Ramon Camilo vence com folga em todos os cenários pesquisados. Tanto na abordagem estimulada, quanto na forma espontânea, Ramon aparece com mais de 30 pontos percentuais sobre o segundo colocado, Jorge Duca.

Na pergunta espontânea (onde não é indicado nenhum nome ao entrevistado) foi indagado:

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para prefeito?

-Ramon Camilo: 59%

-Jorge Duca: 26,5%

-Não opinaram: 14,5%

-Na forma estimulada, a pergunta foi a seguinte:

Desses nomes citados, em quem você votaria para prefeito nas próximas eleições?

-Ramon Camilo: 60,5%

-Jorge Duca: 27%

-Nenhum: 0,25%

-Não opinaram: 12,25%

No quesito rejeição, a pergunta foi assim: Desses nomes citados, em quem você NÃO votaria para prefeito nas próximas eleições?

-Jorge Duca: 32%

-Ramon Camilo: 16%

-Nenhum: 0,25%

-Nada contra: 37%

-Não opinaram: 14,75%

O instituto perguntou também aos entrevistados sobre a gestão do município:

Como você avalia a administração do prefeito Ramon Camilo?

-Ótimo: 41%

-Bom: 28%

-Regular: 15%

-Ruim: 1,25

-Péssimo: 8%

-Não opinaram: 6,75%

Você aprova ou desaprova à administração do prefeito Ramon Camilo?

-Aprova: 76%

-Desaprova: 15,5%

-Não opinaram: 8,5%

Por Lucas Malta / Da Redação com informações da Folha de Alagoas

Comentários