É falso áudio sobre distribuição de máscaras e álcool contaminados em bancos Áudio tem gerado temor nas pessoas em relação ao uso de máscaras, que é uma das principais recomendações para prevenção de contágio

27 abr 2020 - 08:30

Áudio tem gerado temor nas pessoas em relação ao uso de máscaras, que é uma das principais recomendações para prevenção de contágio (Foto: memyselfaneye / Pixabay)

Circula no WhatsApp um áudio, com informações falsas, em que uma mulher, não identificada, fala da suposta distribuição de máscaras e frascos de álcool em gel contaminados com Covid-19 em agências bancárias. O conteúdo, disseminado em vários grupos do aplicativo, não informa em qual município ou estado se trata a mensagem.

“A partir do dia 21 não use nada de graça doado pelo governo, nem álcool e nem a máscara, que vão doar nas portas dos bancos para as pessoas pegarem o auxílio [emergencial] ou entrarem no banco. (…) Se possível não usa nada doado pelo Governo, nem gel, nem máscaras, porque estão vindo contaminadas. O número de infectados vai dobrar quando começarem a usar estas máscaras”, diz um trecho do áudio.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou, por meio de nota, que não distribui em agências bancárias máscaras ou álcool em gel à população. “A Sesau reforça, ao mesmo tempo, que além de esta distribuição não ocorrer, tais materiais não saem da Secretaria contaminados”, esclarece.

Por meio de sua assessoria de comunicação, a Secretaria de Saúde de Maceió ressaltou que os agentes de saúde do Município não estão distribuindo máscaras e álcool em gel para a população, em nenhum local ou estabelecimento da cidade.

“A Secretaria de Saúde de Maceió informa que as máscaras e frascos de álcool em gel adquiridos, por meio do processo de compra emergencial, são voltados para abastecer as unidades de saúde do Município, visando garantir a segurança dos profissionais e usuários”, diz a nota.

Alagoas Sem Fake

Com foco no combate à desinformação, a editoria Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp, no número: (82) 98161-5890.

Da Agência Alagoas

Comentários