É EITA! ATRÁS DE EITA!

23 agosto 2021


Foto: Steve Buissinne / Pixabay

Quando falta assunto, o cronista se vale de qualquer coisa para preencher o espaço reservado a crônica semanal. A expressão de admiração, [A frase-título]. Na minha cabeça vocabular, devia de ter uma origem, uma certidão de nascimento. Não satisfeito, apenas com um tema, resolvi aprofundar. Resolvi pesquisar logo a “família” inteira: EITA, EITO, e OITO.

EITA: É uma interjeição que expressa surpresa, espanto, admiração em relação a alguma coisa. Eita, tem como significado um sentimento diante de uma situação inesperada. Por exemplo: “Eita, de repente o sol foi embora e começou a chover.” Expressão muito usada pelo brasileiro, em especial o nordestino. EXISTE A PALAVRA “EITA”? Sim. Está presente no dicionário da Língua Portuguesa. Não tem origem definida, e está classificada entre as “Palavras expressivas”, caracterizadas por sons curtos e sem significado claro. EITA OU ETA? Qual seria a grafia e pronúncia correta? Segundo o dicionário, ambas as expressões estão corretas. EITA E A CULTURA POP: Expressão muito comum na internet é o: “Eita atrás de eita.”, usada em um contexto em que se sucedem acontecimentos surpreendentes. Por exemplo: “Este ano tá sendo eita atrás de eita.” Há inúmeras músicas que aproveitam a interjeição “Eita” para criar ritmos dançantes, em especial o funk brasileiro atual. São exemplo a música “Eita, eita, eita” de MC Zaac e Jerry. E “Eita,eita” do MC Lan ambas abordam a questão sexual. Tema recorrente no funk. Fonte: meusdicionarios.com.br

EITO: A palavra vem do Latim “ictus”, significa: golpe, choque, compasso marcado; raio de sol; pulsação [dicionário Houaiss,s.v. eito] a locução verbal: “a eito” significa: ininterruptamente; segue o mesmo modelo de outras expressões que definem modo de fazer: “a esmo”; “ao acaso”; “a tempo”[dentro do prazo]; “a nado”; “a pé” etc. A expressão é bem antiga, vindo do período galego-português, do tempo do rei Afonso X de Leão e Costela (1221-1284) avós de D. Dinis (1261-1325). Exemplo: a rainha que estava deitada no leito junto dele, e este sonho contava todo a eito. Fonte: ciberduvida.iscte/língua.portuguesa.

UM COMENTÁRIO SOBRE EITO: Ainda infante ouvi este termo, pela primeira vez.  Sempre relacionado a algo pejorativo, algo feito de “qualquer jeito” ou “a pulso”, contra a vontade. Ao ler o exemplo que o ilustra, relacionei imediatamente o termo a duas outras palavras: leito [local onde se fica jogado] e deito [de igual teor].

EITO, NOUTRA FONTE: “Eito era o nome do terreno onde trabalhavam os escravos, e com o tempo passou a ser sinônimo de trabalho, ou de muito trabalho, bem como de uma grande extensão de terra ou terreno. Fonte: meusdicionarios.com.br” 

OITO E OITÃO: “Nosso sistema de numeração surgiu na Ásia, há muitos séculos, no Vale do rio Indo, onde hoje é o Paquistão. O primeiro número inventado foi o 1, e ele significava o homem , e sua unicidade; o segundo número o 2, significava a mulher, a família, a dualidade; o número 3 significava muitos, multidão. A curiosidade sobre o número três não deve ter ocorrido por acaso. Vejam só com se escreve o nome deste número em: Inglês = Three; Francês = Trois; Latim = Trés;  Grego = Tri; Italiano = Ter; Espanhol = Tres; Alemão = Drei; Russo = Tri; Português = Três.Fonte: significados.com/Google.com.br

COMENTÁRIO SOBRE OITO: Li em algum lugar, que os nomes dos nove primeiros números, foram criados independentemente, e que estes nomes não teriam praticamente relação entre si. A informação, à cima, de que o número 3 daria ideia de muitos, traz-nos a realidade para a trindade santa: Pai, Filho e Espírito Santo; O número quatro lembra a quadra, algo que tem quatro ângulos. Já o oito, seria, a meu ver, a simbologia de dois quadrados sobrepostos que ao simplificar, no formato, viraram dois círculos. O oitão, noutra crônica trouxemos a definição: “Parede lateral de uma construção, ou de uma edificação. O espaço, o vão existente entre duas construções. Fonte: Google.com.br”

HE AIN’T HEAVY, HE IS MY BROTHER [ ELE NÃO É UM FARDO, ELE É MEU IRMÃO] The Hollies.

É música internacional, faixa do Long Play “Década Explosiva Romântica[1976]” Eu a ouvi, a muito tempo [final da década de 70 ] . Só agora tomei ciência, da letra desta belíssima composição, vejam:

“A história conta que certa noite, em uma forte nevasca, na sede da entidade “Missão dos órfãos” em Washington – EUA, um padre plantonista ouviu alguém bater na porta. Ao abri-la, se deparou com um menino coberto de neve, com poucas roupas, trazendo em suas costas, um outro menino mais novo. A fome estampada no rosto, o frio e a miséria deles o comoveram. O sacerdote  mandou-os entrar e perguntou:

-Ele deve ser muito pesado?

Ao que o que carregava respondeu:

-He ain’t heavy, he is my brother. [Ele não pesa, ele é meu irmão.] 

Naquela noite os dois meninos foram adotados pela instituição. Vejamos parte da música traduzida:

“A estrada é longa/ Com muitos caminhos sinuosos

Que nos levam a quem sabe/ quem sabe onde

Quem sabe quando.

Mas sou forte/ Forte o bastante para carrega-lo

Ele não é pesado, ele é meu irmão.  

UM POUCO DE HUMOR, PARA ENCERRAR:

“-Alô! É do Suporte Técnico? 

-Sim.

-O Modem da internet deu problema!

-Tem alguma Luz Acesa?

-Tem, a da Sala.

CANTADA FRACA NO WATSAPP:

-Vamos tomar um Açaí?

-Vou não. Tô resfriada.

-Ôxente!  Então, nós toma um Benegrip.

NA FARMÁCIA

-O que é Bom pra TERÇOL?

-Ter Praia.

CAIPIRAS

-Os Políticos estão cada vez mais abusando dos DIREITOS!

-Ainda bem, que eu sou CANHOTO.

BODE GAIATO

“CUMÉ QUE A PESSOA VAI JUNTAR UM DINHEIRO PRA UMA EMERGÊNCIA? SE TODO MÊS É UMA EMERGÊNCIA!”

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.